As Vantagens e Desvantagens da Revolução Industrial

Vantagens e Desvantagens da Revolução Industrial

As Vantagens e Desvantagens da Revolução Industrial

A Revolução Industrial teve lugar durante os séculos XVIII e XIX. Foi uma época em que as sociedades predominantemente rurais e agrárias na Europa e América do Norte começaram a tornar-se mais urbanas. Houve um foco no fabrico e desenvolvimento de produtos graças a novas tecnologias e ideias para aumentar a eficiência, o que afastou o mundo do uso de ferramentas manuais na cave para grandes fábricas na cidade.

A Revolução Industrial começou no século XVII na Grã-Bretanha, criando uma mudança para equipamento de uso especial que levou à produção em massa de artigos. Têxteis, indústrias de ferro e muitas outras viram surgirem melhorias durante esta era, o que contribuiu para melhores sistemas nos sectores da banca, comunicações e transportes.

Quando olhamos para os prós e contras da Revolução Industrial, podemos ver que ela criou uma maior variedade e volume na disponibilidade de bens manufacturados. É um processo que ajudou a criar um melhor nível de vida para alguns. Esta era também criou oportunidades de emprego e condições de vida desafiantes para a classe trabalhadora.

Será que beneficiámos verdadeiramente dos processos e tecnologias que vieram da Revolução Industrial? Deverá o mundo em desenvolvimento passar também por este processo?


Índice


O que foi a Revolução Industrial?

A Revolução Industrial foi um período de grande industrialização e inovação que teve lugar no final do século XVII e início do século XVIII. A Revolução Industrial começou na Grã-Bretanha e espalhou-se rapidamente por todo o mundo.

A Revolução Industrial Americana vulgarmente referida como a segunda Revolução Industrial, começou algures entre 1820 e 1870. Este período assistiu à mecanização da agricultura e da produção têxtil, bem como a uma revolução no poder, incluindo navios a vapor e caminhos-de-ferro, que afectou as condições sociais, culturais e económicas.
Principais tomadas de posição

A Revolução Industrial Americana comummente referida como a segunda Revolução Industrial, começou algures entre 1820 e 1870.
A Revolução Industrial levou a invenções que incluíam o telefone, a máquina de costura, o raio X, a lâmpada, e o motor de combustível.
O aumento do número de fábricas e a migração para as cidades levou à poluição, a condições de trabalho e de vida deploráveis, bem como ao trabalho infantil.

Compreender a Revolução Industrial

Embora a Revolução Industrial tenha ocorrido há aproximadamente 200 anos, é um período que deixou um profundo impacto na forma como as pessoas viviam e na forma como as empresas funcionavam. É discutível que os sistemas fabris desenvolvidos durante a Revolução Industrial são responsáveis pela criação do capitalismo e das cidades modernas de hoje.

Antes da revolução, a maioria dos americanos vivia da agricultura e vivia em comunidades rurais generalizadas. Com o avanço das fábricas, as pessoas começaram a trabalhar para empresas localizadas em áreas urbanas pela primeira vez. Muitas vezes os salários eram baixos, e as condições eram duras. Contudo, trabalhar para empresas pagava melhor a vida do que a agricultura.

A eficiência da produção melhorou durante a Revolução Industrial com invenções como a máquina a vapor. A máquina a vapor reduziu drasticamente o tempo necessário para fabricar produtos. A produção mais eficiente reduziu subsequentemente os preços dos produtos – principalmente devido a custos de mão-de-obra mais baixos – abrindo as portas de comercialização a um novo nível de clientes.

 


✔️ As Vantagens Da Revolução Industrial✔️


Vejamos abaixo os benefícios da revolução industrial:

👍 A Revolução Industrial ajudou os bens a tornarem-se mais acessíveis.

Quando as pessoas fabricavam bens manufacturados na sua cave, a maioria das famílias estava a criar o suficiente para satisfazer as suas necessidades exactas. Se não tivesse os conhecimentos necessários para fazer as suas próprias roupas, então a escassez neste mercado significava que poderia estar a gastar uma pequena fortuna para conseguir a camisa que desejava.

Graças aos processos introduzidos pela Revolução Industrial, as empresas puderam produzir artigos mais rapidamente do que nunca. Estes métodos aumentaram o número de artigos que podiam ser feitos por hora, uma vez que os artigos já não precisavam de ser feitos à mão. À medida que os fornecimentos subiam, os preços desciam. Ter uma qualidade de vida melhorada já não era tão caro como costumava ser.

👍 Ajudou a criar os mercados de importação e exportação em todo o mundo

As empresas podiam usar as ideias criadas a partir da Revolução Industrial para ter um maior fornecimento disponível para produtos específicos. Quando a procura interna não era suficiente para ajudar a maximizar a produção, a ascensão da empresa multinacional começou. Os países podiam expandir os seus mercados de importação e exportação para os produtos que estavam a ser fabricados. O mundo começou a ver que a balança comercial estava a deslocar-se para o produtor, aumentando a riqueza das empresas e acrescentando receitas fiscais à sociedade.

👍 As empresas estavam a criar invenções que podiam poupar em mão-de-obra e investimentos de tempo.

Graças à Revolução Industrial, houve uma produção rápida de artigos úteis e ferramentas manuais. Este processo levou rapidamente ao desenvolvimento de novos veículos e tipos de ferramentas que podiam transportar mais itens, incluindo pessoas, de um local para outro. Começámos mais uma vez a criar estradas que pudessem suportar níveis de tráfego mais elevados. O telégrafo surgiu durante este tempo para melhorar os nossos processos de comunicação, o que acabou por conduzir ao telefone e à fibra óptica.

Mesmo máquinas como a Spinning Jenny, que era um item de fuso múltiplo que podia fiar algodão ou lã, permitiram-nos fazer mais coisas em menos tempo. Quando a electricidade ficou disponível, a refrigeração e os electrodomésticos aumentaram ainda mais o nosso nível de vida.

👍 Isto levou a uma evolução na nossa abordagem à medicina

Muitos dos avanços que levaram ao desenvolvimento das práticas médicas modernas ocorreram devido aos esforços da Revolução Industrial. Tornou-se possível fabricar mais instrumentos, tais como tubos de ensaio, bisturis, e equipamento de laboratório, a um custo mais baixo para que mais pessoas pudessem entrar neste campo. Os aperfeiçoamentos no design ajudaram os médicos a tornarem-se mais eficazes no que podiam fazer.

À medida que as linhas de comunicação melhoravam em todo o mundo, médicos e investigadores podiam trabalhar em conjunto para encontrar novas curas ou tratamentos para doenças mortais, em vez de tentarem fazer tudo sozinhos. Novas melhores práticas foram desenvolvidas com base nos resultados deste trabalho. Estes processos resultam num aumento significativo dos cuidados aos doentes em todo o mundo.

👍 A Revolução Industrial melhorou a qualidade de vida para a pessoa média

Até que a Revolução Industrial entrou em acção com toda a força, eram tipicamente as pessoas aristocráticas da sociedade que beneficiavam de conforto e conveniência. Graças à produção em massa, custos mais baixos, e maior disponibilidade, as pessoas da classe trabalhadora podiam obter mais itens enquanto ainda tinham dinheiro para poupar para outras coisas. Embora na altura existissem algumas más condições de trabalho, tornou-se possível para a maioria das famílias começar a construir a sua própria riqueza.

Isto significava que as pessoas podiam possuir uma casa sem serem agricultores. Podiam ter comida suficiente para passar a semana em vez de se limitarem a uma refeição por dia. Algumas empresas estavam mesmo a construir cidades e a dar casas a quem estivesse disposto a trabalhar nas fábricas. Este evento ajudou a moldar as nossas modernas infra-estruturas.

👍 Criou mais oportunidades de emprego em todo o mundo

À medida que novos equipamentos de fabrico começaram a chegar ao chão de fábrica, foram sendo criados novos empregos em cada comunidade. Havia menos preocupações relacionadas com a terra que impulsionavam a economia, porque havia menos dependência dos salários da mão-de-obra agrícola. Isso significava que a pessoa média podia fazer a sua riqueza com um emprego decente como empregado, em vez de tentar conquistar uma vida por si própria.

Alguns trabalhadores até levavam uma parte dos seus salários a investir noutras empresas, levando a uma classe média em crescimento em todo o mundo. Criou uma nova reserva de poder económico que começou a limitar a influência da aristocracia. Esta vantagem acabou por levar a uma mudança nas leis locais que ajudou a dar mais direitos à pessoa média.

👍 A Revolução Industrial levou à ascensão de especialistas

Os únicos verdadeiros especialistas que existiam na economia antes da Revolução Industrial eram os agricultores e trabalhadores agrícolas que cultivavam uma cultura para venda. Quando as fábricas começaram a funcionar nas cidades, as famílias rurais começaram a mudar-se para as cidades porque os postos de trabalho lá iriam pagar melhor. Os proprietários começaram a formar trabalhadores de fábricas para desempenharem tarefas específicas que poderiam tornar-se a sua especialidade.

Alguns trabalhadores começaram a transportar matérias primas para processamento. Outros trabalharam em máquinas específicas. Havia pessoas na manutenção, comercialização, ou encarregadas de fazer melhorias nas operações gerais de cada instalação. À medida que cada tarefa se tornava mais qualificada, tornou-se necessária a existência de mais formadores para transmitir o que tinha sido aprendido.

👍 Isto levou ao desenvolvimento moderno dos municípios

medida que as pessoas começaram a afastar-se da vida rural para prosseguirem as suas oportunidades na Revolução Industrial, os governos precisavam de mudar a forma como apoiavam cada município. As burocracias cresceram para apoiar departamentos especializados que podiam lidar com questões de saneamento, cobrança de impostos, problemas de tráfego e outros serviços localizados que eram necessários. Novas empresas começaram a formar-se à medida que as pessoas começaram a apoiar estes trabalhadores, levando advogados, médicos, e construtores a formar as suas próprias oportunidades.

👍 Qualquer pessoa tinha a oportunidade de se tornar grande durante a Revolução Industrial

Charles Goodyear é creditado com a descoberta da vulcanização da borracha, um processo que lhe permite resistir ao calor e ao frio. Este processo revolucionou a indústria em meados do século XIX. Foi também uma viagem que quase arruinou a sua vida. Goodyear colocou a sua família numa dívida substancial para financiar as suas experiências com a borracha. Ele mudou-se para qualquer lugar para encontrar investidores e espaço de laboratório.

A certa altura, vendeu os seus móveis, implorou por dinheiro, e até vendeu os livros escolares dos seus filhos. Após o pânico financeiro de 1837, ele perdeu quase tudo. Depois, num acidente milagroso, combinou borracha e enxofre num fogão quente. Endureceu quando ficou mais quente. Muitas pessoas seguiram um caminho semelhante sem encontrar o mesmo sucesso, mas foi uma das primeiras vezes na história em que qualquer pessoa podia investir em si mesma para mudar as suas estrelas.

👍 Os produtos manufacturados eram vistos mais como um investimento do que como uma necessidade

Antes da Revolução Industrial ter alterado a qualidade e quantidade dos bens que consumimos, os artigos eram adquiridos devido à sua utilidade. Quando os inventários começaram a ser construídos e os produtos se tornaram mais baratos, pudemos fazer roupas que duraram mais tempo. As estruturas necessitavam de menos manutenção. As pessoas gastavam menos tempo a fazer os seus próprios artigos porque um pequeno investimento criava resultados a longo prazo.

Esta vantagem também aumentou a quantidade de concorrência que a sociedade experimentou. Em vez de permanecer no negócio familiar ou de se tornar aprendiz de um parente, qualquer pessoa podia viajar para qualquer parte do mundo industrializado para procurar oportunidades de emprego que desejasse. É um processo que ajudaria a criar as primeiras economias de mercado livre autênticas.

👍 A competição foi criada

Como era possível fazer múltiplos produtos em qualquer indústria ou sector, as economias de mercado livre começaram a desenvolver-se. Em vez de os consumidores dependerem de um negócio ou fornecedor para lhes dar o que precisavam, podiam escolher entre uma variedade de produtos para poderem satisfazer da melhor forma as suas próprias necessidades. A revolução industrial desviou o poder das empresas para as mãos dos consumidores.

👍 Melhorou os processos em praticamente qualquer sector

Após a revolução industrial, os edifícios poderiam ser melhorados. O transporte já não necessitava de um cavalo. O vestuário poderia ser mais durável e não precisaria de ser feito em casa. Os produtos alimentares tornaram-se mais baratos de produzir. Quase todos os sectores do comércio e da indústria melhoraram durante este período, tornando os produtos e serviços melhores mesmo que não houvesse uma influência directa na revolução industrial.

👍 Reduziu as influências das fronteiras

Antes da revolução industrial, o comércio e a indústria restringiam-se, na melhor das hipóteses, ao nível nacional. O comércio internacional estava presente, mas era difícil, devido ao imenso custo do transporte de mercadorias. A revolução industrial tornou o transporte mais fácil e mais barato, o que permitiu que as empresas criassem uma presença internacional para a sua marca. Isto permitiu às comunidades experimentar novos bens ou serviços enquanto ainda desfrutam dos produtos locais.

👍 Inspirou a inovação

Grande riqueza estava disponível no âmbito da revolução industrial. Um exemplo disto é a riqueza que Andrew Carnegie desenvolveu na indústria do aço, tornando-o uma das pessoas mais ricas que alguma vez viveu. A sua riqueza era superior a 300 mil milhões de dólares no valor actual. Devido às oportunidades disponíveis para construir riqueza, muitos procuraram criar e inovar pela sua oportunidade de tirar partido do que a época oferecia.

👍 Os níveis de produção aumentaram

Antes da revolução industrial, muitos produtos eram construídos ou feitos à mão. Isto exigia um investimento de tempo específico por parte do criador, pelo que a produção em massa era virtualmente impossível. A revolução industrial mudou isso. As fábricas permitiam que grupos de pessoas fossem mais produtivos do que uma pessoa por si só. Permitia que se fizessem melhores produtos ou que se prestassem melhores serviços. Isto permitiu que as comunidades melhorassem a sua qualidade de vida ao longo do tempo, porque havia um maior acesso a bens e serviços.

 


❌ As Desvantagens Da Revolução Industrial ❌


Vejamos agora as desvantagens da revolução industrial:

👎 Conduziu a uma quantidade significativa de desigualdade de riqueza

Antes da Revolução Industrial ter ocorrido, as únicas pessoas que eram genuinamente ricas eram as que vinham da realeza ou tinham inventado algo que era excepcionalmente útil à sociedade – como um telescópio. Após este período de desenvolvimento, eram as pessoas que lideravam as empresas que ganhavam mais dinheiro – e era muitas vezes à custa dos pobres e da classe trabalhadora.

Antes do seu processo de divórcio em 2019, o património líquido estimado de Jeff Bezos era de cerca de 157 mil milhões de dólares. As suas finanças, juntamente com Mark Zuckerberg, Bill Gates, e Elon Musk, são todos objecto de conversas sobre a desigualdade da riqueza moderna. Se olharmos para os revolucionários industriais americanos como Andrew Carnegie e John Rockefeller, eles tinham $310 mil milhões e $340 mil milhões numa altura em que o dinheiro valia mais.

Rockefeller por si só controlava 1,5% da economia americana. Utilizando uma calculadora de inflação padrão, o seu património líquido pelos padrões de valor actuais era superior a 8,1 triliões de dólares.

👎 A Revolução Industrial levou a uma sobrepopulação nas cidades

Muitos migrantes começaram a dirigir-se para as cidades industriais e grandes cidades durante a Revolução Industrial, devido à promessa de melhores salários. Estas comunidades não estavam preparadas para o afluxo de pessoas que se dirigiam para o seu caminho. Os construtores acabariam por ajudar a aliviar a escassez inicial de habitação que ocorreu, acabando por levar à construção moderna e a estruturas de vários andares, houve muitos bairros de lata que se desenvolveram nos primeiros tempos na Grã-Bretanha.

Esta desvantagem levou a problemas com os esgotos e o saneamento, o que causou a contaminação da água potável local. Com muitas pessoas a viver na mesma área, desgastadas por condições de trabalho difíceis, e a consumir fluidos inseguros, registaram-se numerosos surtos de doenças. A varíola, cólera, tuberculose e tifo foram todos problemas significativos nas cidades industrializadas até que o planeamento urbano e os cuidados médicos pudessem melhorar o ambiente.

👎 Cria um nível mais elevado de poluição no ambiente

Muitos dos problemas ambientais com que ainda hoje nos debatemos são devido às actividades e tecnologias de seguimento da Revolução Industrial. As fábricas precisavam de combustível para sustentar a sua produção diária, pelo que os recursos naturais foram transformados em capital. Começámos a utilizar o nosso solo, minerais, árvores, petróleo, e água para continuar a produzir artigos. Esta desvantagem conduziu a desafios globais que incluíam a redução da poluição atmosférica, a poluição da água, a destruição do habitat, e até mesmo o aquecimento global.

À medida que mais países começaram a perseguir a riqueza através deste processo, as transformações ecológicas adversas aumentaram. Um dos motores deste problema é o dióxido de carbono. Antes de 1750, o nível de CO2 na atmosfera era de cerca de 290 partes por milhão. Era de 400 partes por milhão em volume, em 2017.

👎 A Revolução Industrial apropria-se de materiais para uso natural para uso humano

A Humanidade está agora a utilizar cerca de 40% da sua produção primária planetária em terra para criar artigos através de processos de fabrico, devido à Revolução Industrial. Esta medida é o ritmo a que as plantas convertem a energia solar em nutrientes e crescimento. À medida que as populações aumentam, mais dos nossos recursos vão para o uso humano, em vez de permitir que a natureza siga o seu curso. Isto significa que há menos serviços ecossistémicos, tais como água e ar limpos, que as plantas e os animais podem utilizar.

A nossa biosfera depende destes elementos para a nossa sobrevivência. A menos que estejamos dispostos a fazer mudanças nos nossos processos de fabrico que reduzam a ameaça de destruição do habitat e o consumo de recursos, o futuro do nosso mundo poderá parecer muito diferente do que temos hoje.

👎 Havia muito más condições de trabalho nas primeiras fábricas

Quando a Revolução Industrial começou a construir fábricas nas cidades e comunidades industriais, os proprietários de empresas procuraram maximizar os seus lucros através de elevados níveis de produção. Os salários e a segurança dos trabalhadores raramente eram uma parte importante dessa equação. Embora as famílias pudessem ganhar mais trabalho nestas condições, quando comparadas com a vida rural, chegou a um acordo para trabalhar até 16 horas por dia, seis dias por semana. Mulheres e crianças ganhavam metade do que os homens se tivessem sorte.

O equipamento nas fábricas era normalmente também sujo, expulsando fuligem e fumo que levava a problemas respiratórios, acidentes e ferimentos. Embora esta desvantagem acabasse por levar à formação de sindicatos de trabalhadores, houve muitos sacrifícios familiares feitos antes desta transformação da sociedade.

👎 Criou uma cultura de passividade

A Revolução Industrial ajudou a desenvolver numerosos dispositivos e equipamentos que poupam mão-de-obra. Em vez de realizar actividades extenuantes para o mínimo de necessidades, as pessoas estavam a utilizar equipamento com mais frequência. Ferramentas especializadas permitiram a lavoura, a plantação e a colheita. Bicicletas e automóveis reduziram a necessidade de andar a pé. Tarefas que antes exigiam esforço físico tornaram-se trabalhos de escritório sedentários.

Isso levou a opções de entretenimento que também se tornaram sedentárias. As nossas escolhas alimentares tornaram-se mais sobre conveniência do que sobre nutrição. Isso levou a uma cultura em que muitas pessoas comem artigos que são fortemente processados com açúcar e sal para manter a vida útil, aumentar a doçura e diminuir os tempos de cozedura. Esta desvantagem levou a doenças relacionadas com o estilo de vida, como doenças cardíacas, obesidade, e até algumas formas de cancro.

👎 A Revolução Industrial foi alimentada pelo petróleo e outros óleos

Não foi o petróleo que inicialmente ajudou a alimentar a Revolução Industrial em todo o mundo. Foi o petróleo de baleia. Este produto era útil para sabão e margarina, e era amplamente utilizado nas lâmpadas de petróleo da época. Só no século XIX, quando começámos a utilizar produtos petrolíferos para estas necessidades, é que os hábitos de caça para estas criaturas começaram a diminuir. A única forma de colher esse produto era ferver tiras de borbulhas depois de puxar a criatura para terra.
Mediavine

Se acontecesse no mar, o óleo era colhido no navio, e depois a restante carcaça era atirada ao oceano para apanhar a seguinte. Esta desvantagem causou uma redução significativa da população de barbas, de baleia da proa, e de baleias francas. Foram caçadas quase até à extinção.

👎 Não era um fenómeno global

Nem todas as nações experimentaram a sua própria revolução industrial. Muitas das nações mais pobres do mundo de hoje dependem dos bens e serviços que são fornecidos por indústrias fora das suas fronteiras, o que significa que os poucos recursos de que dispõem vão para os produtos de que necessitam em vez de construírem as suas próprias infra-estruturas. Isto criou um fosso de riqueza entre nações industrializadas e não industrializadas que pode nunca ser realmente eliminado.

👎 Mudou a forma como produzimos artigos agrícolas

Os processos da fábrica afastaram muitos trabalhadores das quintas para ganharem melhores salários e viverem em casas maiores. Isso significava que o sector agrícola tinha de fazer mais com menos trabalhadores. Esta desvantagem acabaria por levar à formação de empresas, de formação em grande escala. Novos métodos de produção alimentar tiveram de ser criados para servir os reboques industriais em crescimento em todo o mundo.

Em vez de cultivar culturas e criar gado para satisfazer as necessidades de cada família, a agricultura tornou-se um negócio que se concentrava nos lucros e perdas. Esta desvantagem foi o que acabou por nos conduzir ao mundo dos alimentos geneticamente modificados, pesticidas potencialmente nocivos, e problemas semelhantes na nossa cadeia alimentar.

👎 A Revolução Industrial mudou a política do mundo

Ainda hoje estamos a viver as consequências da Revolução Industrial. Existem actualmente menos de 40 nações que consideramos terem passado por todo o processo de industrialização. As oportunidades de sucesso são muito maiores lá do que no resto do mundo em comparação. Embora a maioria das pessoas possa encontrar uma forma de receber uma educação no mundo desenvolvido se quiser essa oportunidade, a falta de recursos disponíveis internamente torna quase impossível que indivíduos treinados voltem para casa para fazer as mudanças necessárias para o sucesso.

Isto cria uma dependência dos países desenvolvidos, porque o mundo em desenvolvimento não tem o mesmo acesso a recursos. É por isso que a maior parte do rendimento actual se encontra nas nações que passaram pela Revolução Industrial nas suas fases iniciais.


Perguntas Frequentes acerca da Revolução Industrial

Perguntas Frequentes acerca da Revolução Industrial

Onde e quando teve lugar a Revolução Industrial?

Os historiadores dividem convencionalmente a Revolução Industrial em duas partes aproximadamente consecutivas. Aquilo a que se chama a primeira Revolução Industrial durou desde meados do século XVIII até cerca de 1830 e estava na sua maioria confinada à Grã-Bretanha. A segunda Revolução Industrial durou desde meados do século XIX até ao início do século XX e teve lugar na Grã-Bretanha, Europa continental, América do Norte, e Japão. Mais tarde, no século XX, a segunda Revolução Industrial estendeu-se a outras partes do mundo.

Como é que a Revolução Industrial mudou as economias?

A Revolução Industrial transformou economias que tinham sido baseadas na agricultura e no artesanato em economias baseadas na indústria em grande escala, na manufactura mecanizada e no sistema de fábricas. Novas máquinas, novas fontes de energia, e novas formas de organização do trabalho tornaram as indústrias existentes mais produtivas e eficientes. Novas indústrias também surgiram, incluindo, no final do século XIX, a indústria automóvel.

Como é que a Revolução Industrial mudou a sociedade?

A Revolução Industrial aumentou a quantidade global de riqueza e distribuiu-a mais amplamente do que em séculos anteriores, ajudando a alargar a classe média. No entanto, a substituição do sistema doméstico de produção industrial, no qual artesãos independentes trabalhavam dentro ou perto das suas casas, pelo sistema de fábrica e a produção em massa remetia um grande número de pessoas, incluindo mulheres e crianças, para longas horas de trabalho tedioso e muitas vezes perigoso com salários de subsistência. As suas condições miseráveis deram origem ao movimento sindical em meados do século XIX.

Quais foram algumas invenções importantes da Revolução Industrial?

Invenções importantes da Revolução Industrial incluíram o motor a vapor, utilizado para alimentar locomotivas a vapor, barcos a vapor, navios a vapor, e máquinas em fábricas; geradores eléctricos e motores eléctricos; a lâmpada incandescente (lâmpada); o telégrafo e o telefone; e o motor de combustão interna e automóvel, cuja produção em massa foi aperfeiçoada por Henry Ford no início do século XX.

Quem foram alguns inventores importantes da Revolução Industrial?

Entre os inventores importantes da Revolução Industrial contam-se James Watt, que melhorou grandemente o motor a vapor; Richard Trevithick e George Stephenson, que foram pioneiros na locomotiva a vapor; Robert Fulton, que concebeu o primeiro vapor de pás com sucesso comercial; Michael Faraday, que demonstrou o primeiro gerador eléctrico e motor eléctrico; Joseph Wilson Swan e Thomas Alva Edison, que cada um inventou independentemente a lâmpada; Samuel Morse, que concebeu um sistema de telegrafia eléctrica e inventou o Código Morse; Alexander Graham Bell, a quem é atribuído o mérito de inventar o telefone; e Gottlieb Daimler e Karl Benz, que construíram a primeira motocicleta e o primeiro automóvel, respectivamente, movidos por motores de combustão interna de alta velocidade com o seu próprio design.


📝 Conclusão

Quando olhamos para os resultados da Revolução Industrial de hoje, muitos dos itens que tomamos por garantidos surgiram devido a este processo. Mesmo para os centros populacionais do mundo em desenvolvimento, o acesso a vestuário, ferramentas de produção e equipamento de lazer a preços acessíveis deve-se à inovação e criatividade deste tempo.

Devemos também reconhecer que os países que passaram pela Revolução Industrial são os que mais beneficiaram financeiramente deste processo. A riqueza da sociedade foi construída nas costas da classe trabalhadora, o que permitiu à aristocracia permanecer no poder – apenas de uma forma diferente. Em vez de controlar todo o mercado, os responsáveis ajudaram a determinar quem poderia ter acesso à nova economia.

Os prós e contras da Revolução Industrial são essenciais para rever hoje porque estamos a passar por um novo processo. Estamos no meio da Revolução dos Dados, onde cada acção que tomamos pessoalmente ou online permite que as empresas desenvolvam conhecimentos sobre o nosso comportamento. Este processo cria mecanismos de marketing direccionados que continuamos a apoiar através do nosso próprio trabalho, enquanto as consequências ambientais começam a ser construídas.

A menos que aprendamos com as lições do passado, iremos repetir os mesmos erros no futuro.

Margarida Reis
Latest posts by Margarida Reis (see all)
Written By
More from Margarida Reis

💳 As Vantagens e Desvantagens do Uso do Paypal

Os Prós e Contras Do Paypal O PayPal é uma das ferramentas...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *