⛏️ As Vantagens e Desvantagens do Carvão

os prós e contras do uso de carvão no mundo

Prós E Contras Do Carvão

O carvão é um recurso não renovável, o que significa que uma quantidade finita dele existe e quando o tivermos usado todo, ele desaparecerá. O carvão e outros combustíveis fósseis foram formados há milhões de anos, durante o Período Carbonífero. O principal elemento contido em cada um dos combustíveis fósseis formados durante este período é o Carbono. O carvão começa como matéria vegetal e animal morta. Esta matéria afundou-se no fundo dos pântanos e formou-se uma camada esponjosa chamada turfa. Com o tempo, argila, areia, minerais e rocha empilhados sobre a turfa, comprimindo-a na substância negra dura que conhecemos como carvão. O carvão tem sido usado há séculos. Arqueólogos encontraram evidências de que os romanos em Inglaterra o utilizaram nos séculos II e III (100-200 d.C.).



Também no século XVII, os ingleses descobriram que o carvão podia produzir um combustível que queimava mais limpo e quente que o carvão vegetal. No entanto, foi a necessidade preponderante de energia para o funcionamento das novas tecnologias inventadas durante a Revolução Industrial que proporcionou a oportunidade real para o carvão preencher o seu primeiro papel como fornecedor mundial dominante de energia. A Revolução Industrial desempenhou um papel importante na expansão do uso do carvão. Os navios a vapor e as ferrovias movidas a vapor estavam se tornando as principais formas de transporte, e eles usavam carvão para abastecer as suas caldeiras.

Na segunda metade do século XIX, foram encontrados mais usos para o carvão. Durante a Guerra Civil, as fábricas de armas começaram a usar o carvão. Em 1875, o coque (que é feito de carvão) substituiu o carvão vegetal como combustível primário dos altos-fornos de ferro para produzir aço. Foi na década de 1880, quando o carvão foi usado pela primeira vez para gerar eletricidade para residências e fábricas.

Muito depois de as residências serem iluminadas pela eletricidade produzida pelo carvão, muitas delas continuaram a ter fornos para aquecimento e algumas tinham fogões para cozinhar que eram alimentados pelo carvão. Cada tipo tem um grau de dureza variável, sendo a antracite a mais dura e a lignite a mais macia. Devido à forma como foi formado, o carvão está localizado no subsolo profundo. Ele pode ser extraído por diferentes tipos de mineração, incluindo mineração profunda e de superfície.

 

O carvão como fonte de energia

O carvão é um recurso natural abundante que pode ser utilizado como fonte de energia, como fonte química da qual podem ser derivados numerosos compostos sintéticos (por exemplo, corantes, óleos, ceras, produtos farmacêuticos e pesticidas), e na produção de coque para processos metalúrgicos. O carvão é uma importante fonte de energia na produção de energia elétrica utilizando a geração de vapor. Além disso, a gaseificação e liquefação do carvão produzem combustíveis gasosos e líquidos que podem ser facilmente transportados (por exemplo, por gasoduto) e convenientemente armazenados em tanques. Após o tremendo aumento do uso do carvão no início dos anos 2000, que foi impulsionado principalmente pelo crescimento da economia da China, o uso do carvão em todo o mundo atingiu o seu auge em 2012. Desde então, o uso do carvão tem experimentado um declínio constante, compensado em grande parte pelo aumento do uso do gás natural.

 

Como se Torna em Energia Utilizável

Eletricidade é um dos alicerces da vida moderna. Utilizamo-la para produzir luz, calor e para o funcionamento de aparelhos e máquinas. O acesso à eletricidade pode fazer uma grande diferença para as pessoas. A maior parte da eletricidade produzida no mundo hoje vem do carvão. Na verdade, 41% da eletricidade mundial é alimentada por centrais elétricas alimentadas a carvão. Mas como é que estas centrais pegam numa simples rocha negra e transformam-na em eletricidade? Primeiro, o carvão é extraído do subsolo e moído até se transformar num pó fino, para que arda mais facilmente.

 

Factos sobre o Carvão

Confira estes fatos interessantes sobre o carvão e saiba mais sobre os seus usos e propriedades. O carvão é um recurso importante que é utilizado para criar calor, energia e eletricidade.

  • O carvão é feito em grande parte de carbono, mas também apresenta outros elementos como hidrogénio, oxigênio, enxofre e nitrogênio.
  • O carvão começa como matéria vegetal no fundo da água. É eventualmente coberto e profundamente enterrado por sedimentos onde, com o tempo, ocorre a metamorfose (uma mudança na forma).
  • Diferentes tipos de carvão contêm diferentes quantidades de carbono. A lignito contém apenas cerca de 60 a 75%, enquanto a antracite contém mais de 92%.
  • A antracite é um carvão duro, brilhante e preto que queima com uma chama azul e sem fumo. Enquanto a maioria das formas de carvão está associada a rochas sedimentares, a antracite sofre metamorfismo e está ligada a rochas metamórficas.
  • O carvão tem sido queimado há muito tempo para criar eletricidade e calor. O uso do carvão aumenta a cada ano, em 2006 o mundo consumiu mais de 6.000.000.000.000 de quilos de carvão!
  • O carvão é a maior fonte de energia do mundo para a produção de eletricidade.
  • O carvão é convertido em eletricidade por ser queimado numa fornalha com uma caldeira. A água da caldeira é aquecida até se transformar em vapor, com o vapor a girar em seguida turbinas e geradores para criar a eletricidade.
  • Quase 70% da eletricidade da China provém do carvão. No total, o carvão produz cerca de 40% da eletricidade do mundo.
  • A mineração do carvão e a subsequente queima do carvão pode ter muitos efeitos negativos tanto para os seres humanos como para o meio ambiente. Exemplos disso incluem produtos residuais, chuva ácida, água contaminada, emissões venenosas, altos níveis de dióxido de carbono e aumento dos riscos de cancro de pulmão para os trabalhadores das usinas de carvão.
  • Um ditado popular entre muitas culturas é que se você se comportar mal durante o ano, o Pai Natal vai lhe dar um pedaço de carvão para o Natal.

 

Quais são os diferentes tipos de carvão?

Existem quatro tipos principais (ou “fileiras”) de carvão. Fileiras refere-se a etapas de um processo lento e natural chamado “coalificação”, durante o qual a matéria vegetal enterrada se transforma num material cada vez mais denso, seco, mais rico em carbono e mais duro. As quatro fileiras são:

  • Antracite: O mais alto nível de carvão. É um carvão duro, frágil e negro brilhante, frequentemente chamado de carvão duro, contendo uma alta percentagem de carbono fixo e uma baixa percentagem de matéria volátil.
  • Hulha ou carvão betuminoso: O carvão betuminoso é um carvão de grau médio entre sub-betuminoso e antracite. O betuminoso geralmente tem um alto valor de aquecimento (Btu) e é o tipo mais comum de carvão usado na geração de eletricidade nos Estados Unidos. O carvão betuminoso parece brilhante e suave quando você o vê pela primeira vez, mas olhe mais de perto e você pode ver que ele tem camadas.
  • Subbituminoso: O carvão sub-betuminoso é de cor preta e baço (não brilhante), e tem um valor de aquecimento superior à lignite.
  • Lignite: A lignite de carvão, também conhecida como lignite castanha, é a lignite de grau mais baixo com a menor concentração de carbono.

Além disso, há turfa. A turfa não é, na verdade carvão, mas sim o precursor do carvão. A turfa é um material orgânico macio constituído por uma planta parcialmente decomposta e, em alguns casos, por matéria mineral depositada. Quando a turfa é colocada sob alta pressão e calor, ela torna-se em carvão.


✔️ Vejamos agora as vantagens do Carvão ✔️


 

👍 Vantagem: A disponibilidade do carvão torna-o muito acessível

Além das reservas de carvão que já foram extraídas, estima-se que haja uma reserva global deste combustível fóssil que poderá ser superior a 1 trilião de toneladas. Enquanto outros combustíveis fósseis, nos níveis de consumo atuais e sem novas descobertas de depósitos, não durarão o século, o carvão nos dá segurança em saber que a nossa sociedade e estilo de vida atual tem o potencial de estar presente por muitos anos.

 

👍 Vantagem: A infraestrutura energética suporta o carvão

Combater o carvão tem sido um método de geração de energia por mais de dois séculos. Mesmo antes do sector industrial descobrir formas de aproveitar a energia que a energia do carvão possui, as casas e as empresas atiravam carvão para as lareiras para aquecer os seus edifícios. Engenheiros jogavam carvão em caldeiras para criar energia a vapor para o transporte. A nossa infraestrutura foi construída em torno da ideia de que o carvão iria alimentá-la.

 

👍 Vantagem: O custo do carvão é bastante barato

O preço de uma tonelada de carvão pode ser tanto quanto custaria a uma família de quatro pessoas almoçar em algum lugar. Como este recurso de combustível é tão barato, a energia que ele produz e é consumida também é relativamente barata. Para muitas áreas, o carvão é apenas alguns cêntimos por kilowatt/hora, tornando o recurso energético disponível para praticamente toda a gente. Ele pode ser chamado a qualquer momento.

 

👍 Vantagem: Enorme Potencial como Oposto ao Petróleo

Em comparação com outros combustíveis fósseis, como petróleo e gás, o potencial da energia do carvão é muito grande. Na verdade, a reserva global de carvão foi estimada em cerca de um trilhão de toneladas. Por esta razão, ela pode durar até duzentos anos às taxas de consumo atuais.

 

👍 Vantagem: Ampla Base Industrial

Desde a Revolução Industrial, a energia do carvão tem estado presente mesmo durante o desenvolvimento da máquina a vapor à base de carvão. Atualmente, a indústria e a tecnologia da energia térmica e da indústria do carvão amadureceram e se desenvolveram bem. Devido a este desenvolvimento, a energia do carvão se espalhou rapidamente em muitos lugares ao redor do mundo.

 

👍 Vantagem: Usos Industriais do Carvão

À medida que o petróleo se torna uma fonte de combustível cara e assustadora, o carvão está agora a ser pesquisado como uma boa fonte de combustível para o transporte. Ao mesmo tempo, plantas líquidas estão agora sendo desenvolvidas na China e na Índia. Embora isto ainda esteja na sua infância, com as questões ambientais em mãos, isto tem um enorme potencial, como afirmam os especialistas.

 

👍 Vantagem: Não há tempo de atraso com a energia do carvão

Os recursos energéticos renováveis, como a energia solar ou eólica, podem não ter as mesmas emissões que o carvão produz, mas também não podem ser utilizados 24 horas por dia, 7 dias por semana. Se o vento parar de soprar ou o sol se puser, uma comunidade deve contar com a energia economizada através de baterias. Com a energia do carvão, ela pode ser acessada sempre que houver necessidade de energia, incluindo a capacidade de queimar extra durante os horários de pico de demanda.

 

👍 Vantagem: Tecnologias limpas de carvão ajudam a limitar as emissões que são libertadas

Desde 2017, a energia do carvão é responsável por cerca de 50% da eletricidade sendo gerada nos Estados Unidos. Graças às tecnologias de carvão limpo, muitas das emissões que são liberadas durante a fase de combustão deste recurso podem ser capturadas. Isto limita os danos potenciais ao ambiente e à atmosfera, mantendo as infraestruturas atuais.

 

👍 Vantagem: Pode ser transformado em diferentes formas de combustível

O carvão pode ser transformado em gás ou em líquido. Quando este processo estiver concluído, a energia do carvão queima de forma mais
limpa do que se o recurso natural estivesse sendo queimado no seu estado natural. Isto se deve ao fato de que a contagem de partículas é reduzida através deste processo de conversão sem comprometer o alto fator de carga que é gerado.

 


❌ Vejamos agora as desvantagens do Carvão ❌


 

👎 Desvantagem: Emissão de Gases de Efeito Estufa

Uma das principais preocupações que envolvem a energia do carvão é a emissão de gases com efeito de estufa. Na verdade, liberta dióxido de carbono como sequestrado de plantas e animais mortos há milhões de anos. O processo transfere carbono para o meio ambiente, o que leva ao efeito do aquecimento global.

 

👎 Desvantagem: Mortes devido à mineração de carvão

Desde a descoberta do carvão, o impacto da mineração de carvão tem resultado na morte de milhares de pessoas ano após ano. No entanto, as mortes devidas à mineração de carvão não só ocorreram em lugares sem regulamentos de segurança como a China, mas também em nações desenvolvidas como os Estados Unidos e a Nova Zelândia.

 

👎 Desvantagem: Destruição de Áreas Próximas a Minas de Carvão

O habitat de animais perto de áreas de mineração de carvão a céu aberto tem sido alegadamente destruído. Isto incluiu, mas não se limitou à destruição da paisagem na área. Isto levará à poluição da água e do ar, assim como à eliminação de árvores. Além disso, alguns incêndios também foram ligados a minas de carvão nas quais as queimadas subterrâneas são muito difíceis de identificar. Além disso, muitas pessoas e propriedades podem ser perdidas porque é difícil de extinguir.

Para remover o carvão do solo, são utilizados vários processos de mineração que destroem o habitat natural daquela região. Parte dessa destruição envolve a potencial poluição dos lençóis freáticos e a remoção de árvores. Há também o perigo adicional de ter um incêndio começando em uma mina de carvão. Um incêndio de carvão em New Castle, CO está a arder há mais de 120 anos.

 

👎 Desvantagem: Produz radiação

A energia do carvão, quando queimada numa central elétrica alimentada a carvão, produz mais exposição externa à radiação do que uma central nuclear produziria. As emissões estão também ligadas ao aumento dos níveis de asma e cancro de pulmão das populações locais, em comparação com outras formas de energia.

 

👎 Desvantagem: Não nos faz avançar

Embora o carvão limpo seja uma evolução positiva no campo da energia do carvão, estamos essencialmente a utilizar as mesmas tecnologias que os nossos antepassados desenvolveram na revolução industrial.

 

👎 Desvantagem: Deslocalização humana devido à destruição de minas de carvão

A mineração de carvão pode resultar na escavação de solo sob a terra. Devido a este efeito, muitas pessoas e residentes foram deslocados em torno da área de Bengala Ocidental na Índia. Neste caso, estas áreas de mineração são consideradas inseguras para habitação de pessoas e animais locais neste local.

 

👎 Desvantagem: As tecnologias limpas de carvão não são sem custos

Quando se observa o processo de captura e armazenamento de carbono, as tecnologias para converter as atuais usinas a carvão em carvão limpo poderiam aumentar muito os custos de energia para os consumidores individuais. A LiveScience estima que algumas tecnologias de captura e armazenamento de carbono poderiam aumentar o preço da energia em até 75%.

 

👎 Desvantagem: A tecnologia depende de um recurso finito

Embora existam grandes depósitos e stocks de carvão para produzir energia no mundo de hoje, ele é um combustível fóssil. Isso significa que se trata de um recurso finito. Em algum momento, as nossas sociedades devem procurar alternativas para a produção de energia antes que esse recurso se esgote. Se foram necessários 200 anos para criar a nossa infraestrutura de carvão, um tempo semelhante pode ser necessário para a transição para outras formas de energia.

 

👎 Desvantagem: Emissões de substâncias nocivas

Existem substâncias nocivas que são emitidas pelas plantas térmicas. Essas substâncias incluem arsênio, monóxido de carbono, mercúrio, selénio e dióxido de enxofre. Estas substâncias são capazes de poluir a população, bem como causar chuvas ácidas. Apesar de haver contramedidas sendo seguidas para aliviar o impacto dessas substâncias nocivas, elas ainda são muito inseguras para os humanos para viver na área.

 

👎 Desvantagem: Perigos de utilização

O uso do carvão pode causar problemas. Durante a queima ou conversão incompleta do carvão, muitos compostos são produzidos, alguns dos quais são cancerígenos. A queima do carvão também produz enxofre e óxidos de nitrogénio, que reagem com a humidade atmosférica para produzir ácido sulfúrico e ácido nítrico – também chamada chuva ácida. Além disso, produz partículas (cinzas volantes) que podem ser transportadas pelos ventos durante muitas centenas de quilómetros e sólidos (cinzas de fundo e escória) que devem ser eliminados.


 

📝 Conclusão

Embora a disponibilidade e a acessibilidade de preços do carvão sejam vantajosas, estes fatores devem ser considerados à luz do impacto negativo no ambiente resultante da sua utilização. O futuro do carvão dependerá do uso de variedades de baixo teor de enxofre, dos avanços nas tecnologias de carvão limpo e da procura de alternativas de baixo custo. Embora as desvantagens diminuam a demanda de energia do carvão ao longo do tempo, a falta de uma alternativa económica deverá manter a procura desse combustível fóssil por muitos anos.

A energia do carvão pode ter um impacto muito positivo e também negativo no meio ambiente. Por um lado, há muitas formas de contribuir para o desenvolvimento das indústrias em todo o mundo. Por outro lado, há também muitas maneiras de prejudicar a população e o meio ambiente como um todo. O resto cabe a você decidir se deve ou não permanecer como a principal fonte de energia para sustentar o planeta.

Margarida Reis
Latest posts by Margarida Reis (see all)
Written By
More from Margarida Reis

24 Coisas Que Não Deve Fazer Numa Entrevista De Trabalho

Não faça isto numa Entrevista de trabalho Parabéns por ter chegado à...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *