As Vantagens e Desvantagens da Amamentação

pros e contras do aleitamento materno

Os Prós e Contras da Amamentação

Há muitos aspetos positivos e benefícios da amamentação, especialmente para o seu bebé. Nas últimas décadas, um número de provas científicas validou uma observação muito simples: as mães humanas são maravilhosamente concebidas para alimentar os seus próprios bebés. O leite materno, com exceções extremamente raras, é a melhor fonte de nutrição para uma criança durante os primeiros meses de vida. Não só é nutricionalmente completo e devidamente equilibrado, como também está em constante mudança para satisfazer as necessidades de um bebé em crescimento.

 


Índice


 

O Aleitamento Materno

As vitaminas e os minerais são fornecidos de forma adequada no leite materno. E estão presentes de uma forma que é mais fácil para um bebé absorver do que a encontrada em qualquer outro tipo de leite. Como resultado, não são necessários suplementos para o bebé normal amamentado, com uma exceção: só o leite materno não contém vitamina D suficiente para garantir o desenvolvimento ósseo adequado. Esta vitamina é fabricada na pele em resposta à luz solar. Mas como a exposição direta à luz solar (sem protetor solar) pode ser perigosa para a pele delicada de um bebé, a Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda que um bebé alimentado apenas com leite materno receba também 400 unidades internacionais (UI) de vitamina D todos os dias por conta-gotas, a partir dos primeiros dias de vida.

O leite materno contém anticorpos que ajudam a proteger os bebés de infeções. Além disso, não só está limpo, fresco, quente e pronto em qualquer altura, como é absolutamente gratuito! Em muitos aspetos, uma mãe lactante está menos “amarrada” do que a sua homóloga a amamentar porque não terá de lidar com as rotinas e custos da compra e preparação da fórmula.

A amamentação também pode reduzir o risco de uma grande variedade de problemas de saúde graves, alguns na infância e outros mais tarde (como diabetes, obesidade e níveis elevados de colesterol). Também oferece vários benefícios de saúde para a mãe. Por exemplo, a estimulação dos mamilos liberta uma hormona chamada oxitocina.

A oxitocina ajuda a contrair o útero e adia o início do ciclo menstrual, o que proporciona um método natural – embora não infalível – de espaçar as crianças. As mães lactantes também tendem a atingir o seu peso antes da gravidez mais rapidamente e há algumas investigações que indicam que a amamentação pode reduzir as hipóteses da mulher desenvolver cancro da mama e dos ovários, osteoporose e fraturas da anca mais tarde na vida.

Por último, mas não menos importante, a amamentação promove uma sensação de proximidade, intimidade e satisfação mútua entre a mãe e o filho. O contacto pele com pele, o aumento do input sensorial para o bebé e a satisfação da mãe em poder suprir as necessidades mais básicas do seu filho podem ajudar a estabelecer fortes ligações entre eles.

 

Energia para o Bebé

O leite materno tem todos os nutrientes de que o seu bebé necessita para crescer e manter-se saudável:

  • promove um sistema digestivo saudável: os bebés amamentados têm menos probabilidades de ter diarreia e de sofrer de perturbações gástricas
  • reforça o sistema imunitário do bebé: o leite materno ajuda a proteger contra infeções dos ouvidos, pneumonia, bactérias e infeções virais
  • pode aumentar o QI: alguns estudos sugerem que os bebés amamentados podem ter um QI um pouco mais elevado do que os bebés alimentados com fórmulas
  • pode ajudar a prevenir a síndrome da morte súbita infantil
  • protege potencialmente contra doenças como a asma, alergias, diabetes e obesidade
  • bom para o desenvolvimento de bebés prematuros

 

Bom para a mãe

  • ajuda o seu útero a voltar ao tamanho da pré-gravidez mais rapidamente
  • queima calorias extra que podem levar à perda de peso
  • impede o retorno do período, o que pode evitar uma deficiência de ferro após o parto
  • permite que o seu corpo liberte hormonas que a ajudam a ligar-se ao seu bebé
  • reduz o risco de contrair cancro da mama, cancro dos ovários, doenças cardíacas e diabetes

 

Benefícios a longo prazo

Os benefícios do aleitamento materno vão muito além da infância. Os benefícios a longo prazo da amamentação para os bebés incluem um risco reduzido de:

  • diabetes tipo 1 e tipo 2
  • colesterol alto
  • certos cancros, incluindo a leucemia infantil
  • doenças cardíacas
  • obesidade

 


✔️ As Vantagens Do Aleitamento Materno✔️


 

👍 Vantagem: É Natural

Amamentar é a forma mais natural de alimentar o seu bebé. O seu corpo foi criado como a forma ideal para fornecer ao seu filho a fonte perfeita de nutrição.

 

👍 Vantagem: Alimentos mais saudáveis para o seu filho

O aleitamento materno proporciona ao seu bebé uma variedade de benefícios para a saúde e o desenvolvimento. Os ingredientes naturais encontrados no leite materno ajudam a proteger o seu bebé de doenças e enfermidades durante a infância. Também continuam a proporcionar ao seu filho uma saúde melhor à medida que cresce, mesmo após o desmame.

 

👍 Vantagem: Bom para a saúde da mãe

As mulheres que amamentam tendem a recuperar do parto mais rapidamente do que as que optam por não amamentar os seus bebés.

Pode reduzir o risco de cancro dos ovários e da mama. Pode também diminuir as suas hipóteses de desenvolver artrite reumatoide, diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares à medida que envelhece.

 

👍 Vantagem: Sabe bem ao seu filho

O leite materno é doce e cremoso, um sabor muito diferente e, sem dúvida, melhor do que a fórmula. Além disso, o sabor dos alimentos que você come é transmitido ao seu bebé, que pode diversificar a sua alimentação desde o início.

 

👍 Vantagem: Fácil de digerir para recém-nascidos

O seu corpo produz leite materno especificamente para o seu bebé. É mais fácil de digerir do que o leite em pó e pode ajudar a prevenir gases e cólicas.

Os movimentos intestinais de um bebé amamentado não são tão malcheirosos. Os bebés amamentados tendem a sentir menos diarreia e prisão de ventre também.

 

👍 Vantagem: É conveniente

Os seus seios são a forma perfeita para fornecer ao seu bebé uma nutrição ótima à temperatura perfeita. Não há necessidade de se preocupar com a preparação e a fórmula de aquecimento, e não há biberões para limpar após a amamentação.

 

👍 Vantagem: É económico

A amamentação pode poupar-lhe milhares de dólares. Se amamentar exclusivamente o seu bebé, não precisará de comprar fórmulas, biberões e suprimentos. Amamentar também ajuda a manter o seu filho mais saudável, o que pode baixar os custos médicos e reduzir a quantidade de trabalho que falta para cuidar de um bebé doente.

 

👍 Vantagem: Amamentar é reconfortante

Uma criança assustada, ferida ou doente pode ser confortada pelo aleitamento materno.

 

👍 Vantagem: A alimentação noturna é mais rápida e mais fácil

Quando se amamenta, não é preciso fazer e aquecer os biberões a meio da noite.

 

👍 Vantagem: Amamentar é descontrair

Enquanto amamenta, o seu corpo liberta uma hormona chamada oxitocina, uma hormona de toque que promove o relaxamento. Também lhe dá tempo todos os dias para fazer uma pausa, sentar-se com os pés para cima, e passar tempo de qualidade com o seu bebé.

 


❌ As Desvantagens Do Aleitamento Materno ❌


 

👎 Desvantagem: Período de ajustamento e dor

As primeiras semanas de aleitamento materno são frequentemente as mais difíceis. Algumas mulheres têm problemas com o fornecimento de leite, que pode ser demasiado alto ou demasiado baixo. Outras têm mamilos dolorosos ou fissurados. Algumas mulheres desenvolvem mastites, uma infecção mamária potencialmente grave.

As mulheres que estão a aprender a amamentar estão também a adaptar-se à vida com um recém-nascido, o que um sono inadequado e as exigências constantes de cuidar do bebé podem constituir um desafio.

Muitas também estão a recuperar do parto. O esgotamento e as possíveis dificuldades de recuperação do parto podem tornar a amamentação mais difícil.

 

👎 Desvantagem: Os benefícios podem ser exagerados

Os benefícios da amamentação, especialmente os benefícios cognitivos, podem ser exagerados. Muitos estudos não conseguem controlar as características específicas das mulheres que amamentam.

Por exemplo, alguns estudos mostram que a amamentação tende a ser mais comum entre as mulheres que possuem um nível de educação mais elevado. Assim, o aparente impulso na inteligência de um bebé amamentado poderia ser o de ter uma mãe ou um prestador de cuidados mais educado e não o do leite materno.

 

👎 Desvantagem: Perda de autonomia para a mãe

O aleitamento materno pode complicar a relação da mulher com o seu corpo. O aleitamento materno, especialmente o aleitamento exclusivo, liga a mulher ao seu bebé. Algumas mulheres podem sentir que perderam a propriedade do seu corpo. Esta perda de autonomia corporal pode afetar a sua auto-estima, vida sexual e imagem corporal. As mulheres que bombeiam leite materno podem também sentir-se desconfortáveis com este processo.

 

👎 Desvantagem: Falta de apoio social

Embora as organizações médicas apoiem geralmente o aleitamento materno, a comunidade muitas vezes não fornece às mulheres o apoio adequado.

A falta de apoio pode fazer com que o aleitamento materno se sinta isolado e desnecessariamente difícil. Algumas das questões que as mulheres que amamentam podem enfrentar são, entre outras:

  • o julgamento de amigos, familiares e até de estranhos que se opõem ao aleitamento materno
  • pressão para que cessem o aleitamento materno mais cedo do que gostariam
  • falta de apoio de um cônjuge ou parceiro
  • sono inadequado
  • perda de tempo significativa
  • vergonha e julgamento para o aleitamento materno em público
  • falta de aconselhamento sobre aleitamento materno por parte dos profissionais médicos
  • confusão sobre quais as atividades seguras a realizar quando se amamenta

 

👎 Desvantagem: Distribuição desigual do trabalho parental

A tarefa de alimentar um bebé pode recair exclusivamente sobre a pessoa que amamenta, especialmente se o bebé não tomar o biberão ou se outro prestador de cuidados não o amamentar.

Se um parceiro ou outro prestador de cuidados não oferecer ajuda noutras tarefas, tais como tarefas domésticas, mudar fraldas, preparar biberões ou levantar-se à noite com o bebé, a amamentação pode ser cansativa.

A distribuição desigual do trabalho parental pode levar ao ressentimento numa relação e deixar a pessoa a amamentar com pouco ou nenhum tempo próprio.

 

👎 Desvantagem: Amamentar em público pode ser stressante para a mãe

Algumas mulheres podem sentir-se desconfortáveis e envergonhadas por amamentar à volta de outras ou em público. Se tiver dificuldade em sair com o seu bebé, pode acabar por ficar em casa mais vezes, o que a pode levar a sentir-se sozinha ou isolada.

 

👎 Desvantagem: Requer escolhas de estilo de vida saudável

Quando amamenta, tem de pensar na sua dieta e no seu estilo de vida. O seu bebé pode ter uma reação alérgica a diferentes alimentos na sua dieta. Por isso, pode ter de deixar de comer lacticínios ou outros produtos de que goste.

Existem também algumas substâncias que devem ser apreciadas com moderação, como a cafeína e o álcool. Estas substâncias podem ser prejudiciais para o seu bebé. O stress e outros fatores podem também afetar a amamentação e até diminuir a sua oferta de leite.

 

👎 Desvantagem: Envolve restrições dietéticas

As mães lactantes devem estar muito atentas ao que comem porque a comida passa através do leite para o bebé. Muitas vezes, os hidratos de carbono pesados podem fazer com que o bebé fique com gases e induzir cólicas no bebé. Além disso, o álcool passa através do leite e é perigoso para os bebés, pelo que o consumo de álcool tem de ser limitado.

 

👎 Desvantagem: Dificuldade em compreender a quantidade de leite que o bebé está a consumir.

As mães que estão a amamentar preocupam-se frequentemente com a quantidade de leite que o seu bebé consome. Ao contrário do leite materno, o leite materno não pode ser medido e você tem dúvidas se deixou o seu bebé com fome ou se alimentou o seu filho em excesso.

 

👎 Desvantagem: Requer roupa apropriada

Para amamentar confortavelmente, as mães precisam de investir em soutiens de amamentação, camisas de abertura fácil ou roupa abotoada. Esta é uma despesa adicional que a maioria das mães não tem em conta de antemão.

 

👎 Desvantagem: Baixa Qualidade Nutricional das Fórmulas Compradas em Loja

As fórmulas para bebés adquiridas em loja podem conter concentrado proteico de soro de leite, soja, coco, óleos de cártamo altamente oleicos, lactose, sal, cloreto de potássio, cloreto de magnésio, sulfato de zinco, sulfato de cobre, lecitina de soja, mono e diglicéridos, riboflavina, cloridrato de piridoxina e/ou ácido fólico.

O soro de leite, um dos principais ingredientes de quase todas as fórmulas, é um subproduto residual de certos produtos lácteos, nomeadamente queijos. Os óleos de palma, coco são também ingredientes principais, que também são utilizados em muitos snacks (como as pipocas dos cinemas) e não são facilmente digeridos pelos bebés. Estes alimentos podem ser mais difíceis de digerir para o frágil sistema infantil.

O leite materno é facilmente digerido no estômago do bebé, sendo muitas vezes a melhor escolha para alimentar os recém-nascidos. É sempre importante pesquisar os ingredientes dos produtos comprados na loja e trabalhar em conjunto com o médico de família para determinar as melhores opções para alimentar o seu filho.

 

👎 Desvantagem: Mastites

Por vezes, os canais de leite no mamilo ficam obstruídos. Isto pode levar à inflamação do tecido mamário e à extensão dos canais de leite, causando uma infeção conhecida como mastite. É doloroso, causa febre e arrepios. Outro problema durante a amamentação é o tordo, que é uma infeção fúngica que pode ocorrer quando os mamilos estão doridos ou rachados.

 

👎 Desvantagem: Emoções Negativas Sobre o Aleitamento Materno

Algumas mulheres podem sentir-se desconfortáveis com a perspetiva da enfermagem, talvez devido à visão da sociedade sobre os seios como símbolos sexuais. Em alguns países, a amamentação em público é ilegal ou socialmente tabu, o que pode causar embaraço para a mãe. O leite também pode ser ejetado involuntariamente dos mamilos da mulher que amamenta durante a estimulação sexual, o que pode ser uma ocorrência potencialmente incómoda.

A amamentação é um processo difícil e, por vezes, desencorajador. Nem todos os bebés se agarram facilmente ou imediatamente, o que pode deixar a mãe desiludida. A amamentação pode ser mais difícil do que o previsto, pelo que se uma mãe pretende amamentar, deve ter em conta as dificuldades e procurar recursos que possam ajudar a criar uma experiência de sucesso.

 

👎 Desvantagem: Exigências da Escola ou da Carreira

Como os bebés digerem o leite materno mais depressa do que o leite em pó, os bebés amamentados precisam de comer com mais frequência. A frequência da alimentação constitui um desafio para completar tarefas simples, como fazer recados ou sair para uma refeição. Esta é uma questão particularmente relevante se uma mulher regressar à escola ou ao trabalho pouco depois de dar à luz. Algumas mulheres sentem um desconforto incrível ao amamentar no seu local de trabalho, pois podem sentir-se embaraçadas e stress.

 

👎 Desvantagem: Pai e irmãos não podem participar

Embora a amamentação seja uma ótima forma de criar laços entre a mãe e o bebé, não inclui de todo o pai ou irmãos. Não é menos importante para o pai criar laços com o bebé do que com a mãe, e a amamentação é uma ótima maneira de o fazer. Há algo realmente especial nos momentos de paz que acontecem quando o bebé está totalmente relaxado e a saborear o seu leite. Adoro que a mamada a biberão permita ao pai e aos irmãos partilhar essa experiência especial.


 

Quando se pode começar a amamentar?

O aleitamento materno pode começar minutos após o nascimento da maioria dos bebés. A maioria dos bebés dá algumas lambidelas ou chupa e depois faz uma pausa no início. As frequentes explosões de sucção interrompidas por pausas são o padrão habitual durante as primeiras horas e, por vezes, até nos primeiros dias.

O primeiro leite que a mãe produz, chamado colostro, é o melhor alimento para um recém-nascido. A estimulação dos mamilos que ocorre durante a amamentação também ajuda a contrair o útero e pode ajudar a parar a hemorragia uterina.

Quando um bebé começa a abrir os olhos, a olhar em volta e a pôr o punho na boca, então é altura de oferecer o peito. Os especialistas em amamentação recomendam que o bebé não receba água com açúcar ou outros tipos de leite a biberão no hospital, a menos que seja especificamente prescrito pelo médico. Alguns especialistas recomendam que não se inicie uma chupeta até que seja estabelecida uma boa amamentação.


Conclusão

Com o apoio adequado de pessoas queridas e profissionais médicos, é possível superar os desafios da amamentação. As mulheres também podem obter ajuda de um consultor de lactação para quaisquer questões relacionadas com o fornecimento de leite.

À medida que o corpo da mulher se adapta após o parto, algumas vão dominando a habilidade de amamentar. Para outras, a amamentação continua a ser difícil. A decisão de amamentar cabe ao indivíduo e deve ser livre de culpa ou julgamento.

Algum leite materno é melhor que nenhum, pelo que as pessoas que queiram dar-lhe um suplemento de leite materno devem considerar que mesmo um pouco de leite materno pode ser benéfico.

Um bebé saudável requer, em última análise, uma mãe ou um prestador de cuidados feliz e saudável. Alguém que esteja sobrecarregado com as exigências da amamentação, ou que passe todo o seu tempo a bombear, ou a tentar aumentar a sua oferta de leite, não deve sentir pressão para continuar.

Há muitas maneiras de ser uma excelente mãe ou cuidadora, e as mulheres devem escolher a opção de amamentação que funciona para elas e para o seu bebé.

Margarida Reis
Latest posts by Margarida Reis (see all)
Written By
More from Margarida Reis

As Vantagens e Desvantagens do Multiculturalismo

Prós e Contras do Multiculturalismo Hoje em dia, devido à globalização da...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *