🚜 As Vantagens e Desvantagens da Agricultura Biológica

as vantagens e desvantagens da agricultura biológica

Conhecendo os Prós e Contras da Agricultura Biológica

A agricultura biológica visa alcançar o equilíbrio entre as facetas físicas, químicas e biológicas do solo, auxiliada pela melhoria do teor de carbono orgânico. Medir, planificar a mudança e controlar estes três aspetos dá uma visão mais completa da fertilidade do solo e um maior grau de controlo sobre o ambiente de cultivo. Em Portugal, embora o consumo de produtos biológicos tenha crescido, a prática de agricultura biológica ainda tem muito que crescer, quando comparada com a União Europeia.

Se quiser saber mais sobre a agricultura biológica em Portugal, veja o Documento Oficial da Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica.

Isto, juntamente com as práticas de gestão sustentável, assegura a estabilização dos nossos solos frágeis, semelhante à forma como uma esponja absorve água.

Esta ‘esponja’, armazena e disponibiliza alimentos vegetais, tem maior capacidade de retenção de água e melhora o vigoroso crescimento das raízes. Muitos agricultores esforçam-se para equilibrar os nutrientes químicos do solo, mas os resultados ficam aquém do esperado sem que eles saibam realmente porquê.

A biologia do solo é crucial para tornar estes nutrientes aplicados disponíveis para a planta e trazer em jogo as inter-relações com a química do solo (nutrição) e as propriedades físicas. Ao longo dos últimos 50 anos as nossas práticas agrícolas passadas dizimaram a biologia benéfica do solo, deixando os nossos solos sem vida.


Índice


 

Agricultura convencional vs. biológica

 

Agricultura convencional:

  • aplicar fertilizantes químicos no solo para o cultivo de culturas
  • pulverizar as culturas com inseticidas e pesticidas para evitar que sejam danificadas por pragas e doenças
  • usar herbicidas para parar o crescimento de ervas daninhas

Agricultora biológica:

  • construir o solo com fertilizantes naturais para o cultivo
  • contar com os inimigos naturais das pragas
  • usar a rotação de culturas para conservar o solo
  • arrancar ervas daninhas à mão

 

Efeitos Ambientais da Agricultura Biológica no Clima

As alterações climáticas representam desafios para os agricultores de todas as partes do mundo. As práticas agrícolas convencionais contribuíram para as mudanças climáticas através do uso pesado de combustíveis fósseis – tanto na fazenda como na fabricação de pesticidas e fertilizantes – e através da degradação do solo, que libera carbono. O esgotamento do carbono orgânico do solo através da agricultura convencional não só liberou carbono na atmosfera, como também limitou a fertilidade e a capacidade de retenção de água dos solos em todo o mundo.

A adoção de métodos orgânicos, particularmente o plantio direto orgânico, é uma oportunidade para a agricultura tanto para mitigar as contribuições da agricultura para as mudanças climáticas quanto para lidar com os efeitos que as mudanças climáticas tiveram e terão na agricultura.boas práticas orgânicas podem tanto reduzir o uso de combustíveis fósseis quanto fornecer sequestro de carbono no solo através do aumento do carbono orgânico do solo. Níveis mais elevados de carbono orgânico do solo aumentam então a fertilidade e a capacidade do solo de suportar anos climáticos extremos. A agricultura orgânica depende de formas não químicas de manter a fertilidade, gerenciar pragas e controlar ervas daninhas, eliminando assim a necessidade de fertilizantes sintéticos e pesticidas tóxicos.

 

Impactos Ecológicos da Agricultura Biológica

É impossível discutir os benefícios ecológicos da agricultura orgânica sem mencionar os efeitos devastadores da agricultura convencional. A agricultura convencional depende de pesticidas tóxicos que contaminam o ar, a água, o solo e os seres vivos; a agricultura orgânica não permite o uso de pesticidas tóxicos. A agricultura convencional depende de fertilizantes químicos que demonstraram reduzir a matéria orgânica do solo e contaminar os cursos de água, levando à eutrofização e às “zonas mortas”; a agricultura orgânica não permite o uso de fertilizantes químicos e depende de fontes de nutrientes que tendem a ser menos solúveis e mais estáveis no solo.

Os pesticidas, pela sua própria natureza, matam coisas. Um dos problemas com o uso generalizado de pesticidas tóxicos e sintéticos é que muitas vezes matam não só o alvo desejado da aplicação, mas também outras espécies. Isto ameaça a diversidade das espécies, particularmente as espécies ameaçadas de extinção.

Além de matar organismos não-alvo, muitos destes pesticidas sintéticos têm efeitos negativos na sobrevivência das espécies a longo prazo, porque prejudicam as suas capacidades reprodutivas. Os pesticidas desreguladores endócrinos afetam o equilíbrio hormonal da vida selvagem e dos seres humanos, muitas vezes em doses muito baixas.


✔️ Vejamos agora as vantagens da Agricultura Biológica ✔️


 

👍 Vantagem: Maior valor nutricial Nutrição dos alimentos

O valor nutricional dos alimentos é em grande parte uma função do seu conteúdo em vitaminas e minerais. A este respeito, é importante reter que os alimentos cultivados organicamente são dramaticamente superiores em conteúdo mineral ao cultivado pelos métodos convencionais modernos.

Porque favorece a vida do solo a agricultura orgânica colhe os benefícios que a vida do solo oferece, facilitando grandemente o acesso das plantas aos nutrientes do solo.

Plantas saudáveis significam pessoas saudáveis, e tais plantas melhor nutridas proporcionam uma melhor nutrição tanto para pessoas como para animais.

 

👍 Vantagem: Sustentabilidade a longo prazo

Muitas das mudanças observadas no ambiente são de longo prazo, ocorrendo lentamente ao longo do tempo. A agricultura orgânica considera o efeito a médio e longo prazo das intervenções agrícolas no ecossistema agro. Ela visa produzir alimentos enquanto estabelece um equilíbrio ecológico para prevenir a fertilidade do solo ou problemas de pragas. A agricultura orgânica adota uma abordagem proativa em oposição ao tratamento de problemas após o seu surgimento.

 

👍 Vantagem: Melhora o Solo

As práticas de construção do solo, tais como rotações de culturas, interculturas, associações simbióticas, culturas de cobertura, fertilizantes orgânicos e lavoura mínima, são centrais para as práticas orgânicas. Elas incentivam a fauna e a flora do solo, melhorando a formação e a estrutura do solo e criando sistemas mais estáveis.

Por sua vez, o ciclo de nutrientes e energia é aumentado e as capacidades de retenção de nutrientes e água do solo são melhoradas, compensando a não utilização de fertilizantes minerais. Tais técnicas de manejo também desempenham um papel importante no controlo da erosão do solo.

O tempo de exposição do solo às forças erosivas é reduzido, a biodiversidade do solo é aumentada e as perdas de nutrientes são reduzidas, ajudando a manter e aumentar a produtividade do solo. A exportação de nutrientes é geralmente compensada por recursos renováveis derivados da agricultura, mas às vezes é necessário complementar os solos orgânicos com potássio, fosfato, cálcio, magnésio e oligoelementos de fontes externas.

 

👍 Vantagem: Qualidade da Água

Em muitas áreas agrícolas, a poluição dos lençóis freáticos com fertilizantes sintéticos e pesticidas é um grande problema. Como o uso destes é proibido na agricultura orgânica, eles são substituídos por fertilizantes orgânicos (por exemplo, composto, estrume animal, estrume verde) e através do uso de maior biodiversidade (em termos de espécies cultivadas e vegetação permanente), melhorando a estrutura do solo e a infiltração de água.

Sistemas orgânicos bem geridos com melhores capacidades de retenção de nutrientes, reduzem grandemente o risco de poluição das águas subterrâneas. Em algumas áreas onde a poluição é um problema real, a conversão para a agricultura orgânica é altamente encorajada como medida de restauração (por exemplo, pelos governos da França e da Alemanha).

 

👍 Vantagem: Ar e alterações climáticas

A agricultura orgânica reduz o uso de energia não renovável, diminuindo as necessidades agroquímicas (estas requerem a produção de grandes quantidades de combustíveis fósseis). A agricultura orgânica contribui para mitigar o efeito estufa e o aquecimento global através da sua capacidade de sequestrar o carbono no solo.

Muitas práticas de manejo utilizadas pela agricultura orgânica (por exemplo, a lavoura mínima, o retorno de resíduos de culturas ao solo, o uso de culturas de cobertura e rotações, e a maior integração de leguminosas fixadoras de nitrogénio), aumentam o retorno de carbono ao solo, aumentando a produtividade e favorecendo o armazenamento de carbono. Vários estudos revelaram que os teores de carbono orgânico do solo sob agricultura orgânica são consideravelmente maiores.

Quanto mais carbono orgânico é retido no solo, mais o potencial de mitigação da agricultura contra as mudanças climáticas é maior. No entanto, há muita pesquisa necessária neste campo, ainda. Há falta de dados sobre o carbono orgânico do solo para os países em desenvolvimento, sem dados comparativos do sistema agrícola da África e da América Latina, e apenas dados limitados sobre os estoques de carbono orgânico do solo, o que é crucial para determinar as taxas de seqüestro de carbono para as práticas agrícolas.

 

👍 Vantagem: Melhoria da saúde humana

Os produtos orgânicos oferecem os produtos mais seguros para o consumo humano em comparação com quaisquer outros produtos alimentares disponíveis. Os produtos orgânicos são ricos em nutrientes, contêm níveis mais baixos de produtos químicos e não possuem ingredientes modificados. Além disso, os padrões orgânicos estabeleceram regulamentos rigorosos para garantir que todos os produtos rotulados como orgânicos sejam verdadeiramente orgânicos na produção e processamento, garantindo que eles estejam livres de componentes químicos sintéticos e tecnologias de produção geneticamente modificadas. Assim, os produtos orgânicos podem melhorar a saúde humana garantindo que os riscos para doenças como infertilidade, câncer e imunodeficiência sejam minimizados.

 

👍 Vantagem: Sustentabilidade ambiental

Atingir uma tremenda quilometragem de sustentabilidade ambiental é o sonho de todas as nações do mundo. Isto pode ser conseguido em parte através do uso da agricultura biológica. Pesquisas revelam que a agricultura orgânica pode fornecer mecanismos impressionantes para o avanço da harmonia ecológica, da biodiversidade e dos ciclos biológicos, que são ambientalmente sustentáveis. Por exemplo, os principais objetivos da agricultura orgânica são a gestão e conservação do solo, promovendo o ciclo de nutrientes, o equilíbrio ecológico e a conservação da biodiversidade.

Por este motivo, é evidente que a agricultura orgânica tem o maior interesse em preservar o meio ambiente natural. Além disso, como a maioria dos métodos de produção da agricultura orgânica é eficiente em termos energéticos em comparação com a agricultura tradicional, ela economiza energia. O uso de métodos naturais no lugar dos químicos também poupa as fontes de água e as terras do mundo da contaminação e da poluição.

 

👍 Vantagem: Serviços Ecológicos

O impacto da agricultura biológica nos recursos naturais favorece as interações dentro do ecossistema agrícola que são vitais tanto para a produção agrícola como para a conservação da natureza. Os serviços ecológicos derivados incluem a formação e condicionamento do solo, estabilização do solo, reciclagem de resíduos, sequestro de carbono, ciclagem de nutrientes, predação, polinização e habitats. Ao optar por produtos orgânicos, o consumidor através do seu poder de compra promove um sistema agrícola menos poluente. Os custos ocultos da agricultura para o meio ambiente, em termos de degradação dos recursos naturais, são reduzidos.

 

👍 Vantagem: Segurança alimentar

A busca contra a oferta de alimentos sempre foi desproporcional devido aos efeitos das mudanças climáticas e das más práticas agrícolas que provocam uma produção agrícola pobre. Várias pessoas em todo o mundo, enfrentam a fome e carecem de alimentos em quantidade suficiente, pois há uma escassez geral de alimentos seguros e nutritivos para satisfazer as preferências alimentares e as necessidades dietéticas para uma vida saudável e ativa.

Isto significa que muitas pessoas correm o risco de sofrer as consequências da insegurança alimentar. Nos pilares da segurança alimentar, um estudo recente na Science Digest sublinhou que a promoção da agricultura biológica pode intensificar a produção de rendimento, particularmente nos países pobres, onde os custos para a agricultura convencional são altamente caros, contribuindo assim para o aumento da segurança alimentar. Isto é atribuído ao fato de que as plantas de cultivo orgânico são mais duráveis, têm maior resistência a pragas e doenças, e são igualmente tolerantes à seca.

 

👍 Vantagem: Sem venenos

Um grande benefício para os consumidores de alimentos orgânicos é que eles estão livres de contaminação com produtos químicos nocivos à saúde, como pesticidas, fungicidas e herbicidas.

Como seria de esperar de populações alimentadas com alimentos quimicamente cultivados, tem havido uma profunda tendência ascendente na incidência de doenças associadas à exposição a produtos químicos tóxicos nas sociedades industrializadas.

 

👍 Vantagem: A comida tem melhor sabor

Animais e pessoas têm o sentido do paladar que lhes permite discernir a qualidade dos alimentos que ingerem.
Não surpreende, portanto, que os alimentos produzidos organicamente saibam melhor do que os produzidos convencionalmente. O sabor das frutas e legumes está diretamente relacionado com o seu teor de açúcar, que por sua vez é uma função da qualidade da nutrição que a própria planta tem apreciado.

 

👍 Vantagem: Alimentos Mantêm-se bons mais tempo

As plantas cultivadas organicamente são nutridas naturalmente, tornando a integridade estrutural e metabólica de sua estrutura celular superior àquelas convencionalmente cultivadas. Como resultado, os alimentos cultivados organicamente podem ser armazenados por mais tempo e não mostram a suscetibilidade destes últimos ao mofo e apodrecimento rápido.

 

👍 Vantagem: Custos mais baixos de implementação

A agricultura orgânica não envolve o uso de agroquímicos caros, pois eles são altamente proibidos. As culturas biológicas também têm melhor resistência a pragas e doenças. Quando estes componentes são combinados, poupam consideravelmente aos agricultores os custos do uso de fungicidas, pesticidas e inseticidas dispendiosos. Os fertilizantes são criados por adubação verde ou compostagem e o rendimento é aumentado pelo uso da rotação de culturas, da cobertura vegetal e da rotação do solo. Estas práticas tipicamente reduzem os custos da produção agrícola e animal, ao contrário do que acontece com as técnicas convencionais de produção agrícola.

 

👍 Vantagem: Suporta os insectos polinizadores

Os agricultores que usam métodos orgânicos não usam agentes sintéticos como glifosato ou neonicotinoides que criam um alto risco de danos aos insetos polinizadores que suportam os sistemas de cultivo em todo o mundo. Estas substâncias foram demonstradas por pesquisadores de Harvard como uma das principais causas da Desordem de Colapso das Colônias. Até 40% das colônias de abelhas morreram entre 2014-2015 e descobriram que os neonicotinoides, que são os inseticidas mais utilizados no cultivo comercial, foram responsáveis por seis vezes mais perdas quando comparados ao Nosema, que é um fungo parasitário.

 

👍 Vantagem: Cria um ambiente de trabalho mais saudável

As comunidades locais, empregados e até mesmo os próprios agricultores não estão expostos a produtos químicos agrícolas sintéticos quando seguem o processo orgânico. Quando ocorre demasiada exposição, podem ocorrer problemas com toxicidade. As pessoas que entram regularmente em contacto com pesticidas como parte das suas funções profissionais sofrem um maior risco de doenças neurológicas quando comparadas com a população em geral. Os agricultores também podem sofrer de uma variedade de sintomas incómodos, que vão desde perda de memória a dores de cabeça e fadiga crónica.

 

👍 Vantagem: Promove uma maior resistência a pragas e doenças

As plantas mais saudáveis crescem quando as fundações do solo que suportam as suas raízes têm um perfil natural de resistência a doenças. Este processo estimula as plantas a tornarem-se naturalmente resistentes às doenças e pragas porque têm um perfil imunitário mais forte. Os seus mecanismos de defesa funcionam para repelir os invasores quando existe um nível adequado de pH e outras condições ótimas presentes, tais como a luz solar e a água. Cria uma parede celular vegetal mais espessa que cria um crescimento mais saudável das plantas em geral.

 

👍 Vantagem: Utiliza fertilizantes naturais para estimular melhores rendimentos

Os agricultores orgânicos não plantam as suas sementes e depois deixam a natureza seguir o seu curso. Eles usam uma variedade de métodos de fertilidade do solo que suportam a infraestrutura de crescimento das suas culturas. Técnicas como o uso de adubo verde, a criação de vermes, a aplicação de composto e a cobertura de culturas ajudam a reforçar a estabilidade do solo, ao mesmo tempo que gerem as pragas, ervas daninhas e outros perigos potenciais que os trabalhadores encontram durante a época de crescimento. Cada método ajuda a manter a produtividade dos campos a longo prazo, ao mesmo tempo, em que incentiva níveis mais elevados de biodiversidade a nível local.

 

👍 Vantagem: Oferece oportunidades de culturas rentáveis em nichos de mercado

Uma das vantagens mais significativas da agricultura orgânica é a oportunidade de começar a diversificar os produtos que são cultivados a cada ano. As fazendas convencionais dependem de culturas de rendimento como uma forma de obter lucros para continuar as suas operações. É por isso que a soja e o milho se tornam os principais cultivos cultivados nessas instalações.

 

👍 Vantagem: Combate à Erosão

A agricultura orgânica não só constrói um solo saudável, como também ajuda a combater problemas graves de solo e de terra, como a erosão.
Um grande estudo comparando os campos de trigo orgânicos e quimicamente tratados mostrou que o campo orgânico apresentava mais oito polegadas de solo superficial do que o campo quimicamente tratado e também tinha apenas um terço da perda por erosão.
Se você não está preocupado com a erosão, devia estar. Os problemas de erosão são extremamente graves, afetando a terra, o fornecimento de alimentos e os seres humanos. No entanto, as práticas da agricultura orgânica ajudam a desencorajar a ocorrência da erosão.

 

👍 Vantagem: Incentiva a Biodiversidade

Em geral, quanto mais biodiversidade houver num terreno, mais estável será esse terreno. A agricultura orgânica incentiva a biodiversidade saudável, que desempenha um papel crítico na resistência, ou não, de uma fazenda a questões como mau tempo, doenças e pragas.
Além disso, a redução da biodiversidade pode estar diretamente relacionada com o aumento de doenças infecciosas, o que, naturalmente, não é bom para as pessoas ou para o planeta.

 


❌ Vejamos agora as desvantagens da Agricultura Biológica ❌


 

👎 Desvantagem: Também utiliza fungicidas e pesticidas

A palavra-chave a considerar quando se olha para os processos da agricultura orgânica é esta: “sintético”. Ainda existem vários fungicidas e pesticidas que estão disponíveis para uso quando se seguem processos de agricultura orgânica. O único requisito é que o produto tenha que vir de uma fonte natural em vez de sintética. Estes itens ainda são potencialmente nocivos porque requerem aplicações repetitivas, promovendo o armazenamento do solo dos compostos que podem exceder os níveis de concentração segura em algumas áreas.

 

👎 Desvantagem: Consome Tempo

É necessário muito empenho, paciência e luta para cultivar de forma orgânica. A agricultura biológica necessita de uma grande interação entre um agricultor e as suas culturas ou gado. Seja garantindo que as culturas sejam livres de pragas e doenças de forma orgânica ou o uso de métodos naturais para controlar ervas daninhas, ou criar animais de forma orgânica, o processo é altamente demorado.
O agricultor tem de passar a maior parte do tempo, dia após dia, a observar e a satisfazer as necessidades das suas culturas e animais com o máximo cuidado, da melhor forma natural.

Isto faz com que a agricultura orgânica seja mais intensiva em mão de obra em comparação com a agricultura mecânica ou química convencional. Maior rendimento pode ser produzido industrialmente em oposição à única prática da agricultura biológica, devido à sua natureza demorada.

 

👎 Desvantagem: Nem sempre se afasta das práticas convencionais anteriores

A transição da agricultura convencional para uma abordagem orgânica é algo que beneficia a cadeia alimentar mundial, graças a todas as vantagens envolvidas. Infelizmente, a questão dos químicos sintéticos que permanecem no solo pode existir para os agricultores que mudam as suas práticas por décadas devido aos seus níveis de concentração. As quintas ainda podem vender produtos que são rotulados como “orgânicos” nesta situação, porque os seus métodos atuais seguem as diretrizes publicadas. Os alimentos ainda podem conter quantidades vestigiais de adubos sintéticos, apesar da rotulagem e das práticas envolvidas, devido aos métodos de produção anteriores na mesma terra.

 

👎 Desvantagem: Requer mais trabalho do que os métodos convencionais

A agricultura orgânica requer muito trabalho físico para criar uma experiência de sucesso. Ela precisa de trabalhadores para controlar fisicamente as ervas daninhas e aplicar técnicas de cultivo. Existem maneiras de reduzir esta desvantagem, focalizando a agricultura bio intensiva ou permacultura, mas também requer um toque mais pessoal do que o que os métodos convencionais de cultivo de dinheiro exigem. Mesmo que você tome tempo para experimentar diferentes métodos de produção, pode levar anos de tentativas e erros para encontrar a melhor combinação de métodos que maximizem os lucros.

 

👎 Desvantagem: requer conhecimentos específicos para ser bem sucedida

Os agricultores orgânicos devem ter uma compreensão da ecologia do solo das suas terras. Eles devem saber como desenvolver sistemas naturais que funcionem com o seu clima e culturas. Os agricultores devem investir tempo em aprender sobre as inovações da indústria ou encontrar soluções alternativas porque os sistemas de apoio que ajudam as fazendas convencionais nem sempre estão disponíveis. Este processo depende da experiência dos trabalhadores, pois eles monitorizaram as culturas durante os períodos cruciais de crescimento para garantir que as plantas cresçam de forma saudável. Sem este conhecimento e a ambição de aplicá-lo, este método não pode ser bem-sucedido.

 

👎 Desvantagem: Os produtos orgânicos são mais caros

Os agricultores convencionais têm um mercado definido que lhes permite vender os seus produtos e produtos agrícolas. Eles podem enviar para mercearias, ter acesso a um mercado de exportação lucrativo, e ainda alcançar os consumidores locais. Os produtos orgânicos enfrentam um desafio diferente. Mesmo que existam oportunidades para cooperativas agrícolas, inclusão de mercearias e mercados locais que operam em dias específicos, esta indústria não tem os mesmos níveis de acesso para a venda de produtos na maioria das comunidades. Isso torna difícil para os agricultores maximizarem o seu potencial de lucro ao vender os seus produtos.

 

👎 Desvantagem: Vários desafios de comercialização a considerar

Os alimentos orgânicos são os produtos agrícolas mais caros do mercado. Talvez esta seja uma das principais razões pelas quais a agricultura orgânica não é totalmente apoiada, pois não são muitas as pessoas que percebem os seus grandes benefícios. Nos supermercados, por exemplo, vegetais e frutas orgânicos custam de 20 a 40 por cento mais do que o seu equivalente não orgânico. Os consumidores pagam o preço e esta é considerada uma das maiores desvantagens dos produtos alimentares de produção biológica.


 

📝 Conclusão

Os prós e os contras da agricultura biológica procuram encontrar um equilíbrio entre a melhor nutrição disponível a partir deste método e os desafios de acesso que os trabalhadores enfrentam quando tentam vender o seu produto aos consumidores locais. Mesmo com o potencial de subsídios e subsídios para compensar alguns dos custos de se tornar um produtor orgânico, as desvantagens encontradas neste setor podem afugentar alguns agricultores.

Margarida Reis
Latest posts by Margarida Reis (see all)
Written By
More from Margarida Reis

♻️ As Vantagens e Desvantagens da Reciclagem

Os Pros e Contras da Reciclagem A reciclagem é considerada uma das...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *