👨‍💻 As Vantagens e Desvantagens de Ser Programador

As Vantagens e Desvantagens de Ser Programador

As Vantagens e Desvantagens de Ser Programador

Uma carreira com um salário elevado, resolvendo problemas mundiais todos os dias e o apreço da sociedade. Trabalhar como programador parece ser o Santo Graal. No entanto, há também desvantagens em trabalhar como programador. Listamos aqui as vantagens e desvantagens mais mencionadas para si. Útil para explicar ao seus amigos o que faz. Ou se tiver as competências e estiver a considerar fazer algo com elas.


Índice


O que é a Engenharia de Sofware?

Sofware Engineering é um estudo abrangente da tecnologia, concepção e processos para construir, executar e manter um software. Cada indústria precisa de bom software para apoiar as suas operações e quase tudo o que faz desde conceptualizar, pesquisar, desenvolver e entregar o seu produto aos seus clientes.

Quem deve optar pela Engenharia de Sofware?

Nenhum assunto do campo de estudo é difícil, é apenas a quantidade de tempo necessária para estudar e compreender os processos e as suas implicações.

Se estiver fascinado por software diferente e pela forma como ajudam a realizar processos que de outra forma levariam meses a trabalhar, é provável que se sinta atraído por este campo de estudo. Se é o tipo de estudante que é muito curioso sobre tecnologia e computadores, é um bom sinal que será um dos engenheiros que provavelmente construirá software por conta própria.

Os engenheiros de software estão entre os profissionais que são muito bem pagos em todo o mundo. No entanto, como já foi mencionado anteriormente, este “Bom Pagamento” e este estilo de vida luxuoso tem um custo bastante elevado.


✔️ As Vantagens Das Aulas de Ser Programador✔️


Vejamos abaixo os benefícios de ser um programador:

👍 Existe muita procura de programadores

Para um bom desenvolvedor, é fácil encontrar um emprego. Na verdade, em todos os domínios: apoio, desenvolvimento e testes. Ao ganhar mais experiência e ao alargar os conhecimentos, é possível ser ainda mais atractivo.

É quase certo que os bons engenheiros nunca ficam sem emprego. A maioria deles são, de facto, abordados mesmo antes de terminarem o seu curso por grandes ou pequenas empresas. Infelizes são aqueles que acabam por trabalhar apenas depois de terminarem os seus estudos.

Isto também acontece porque os engenheiros de software não estão limitados a indústrias específicas ou a certos domínios. Cada empresa, independentemente do seu nicho de cliente, requer a perícia dos engenheiros.

👍 Oportunidade de crescimento

Não há nenhum nível para os engenheiros de software que seja definitivo. A tecnologia está sempre a evoluir, pelo que há sempre muito para aprender e crescer. Estar no terreno ajuda-o a adaptar-se rapidamente às actualizações e avanços da tecnologia actual.

👍 Bom salário

Os engenheiros de quase todas as indústrias estão entre as pessoas que gozam de boa remuneração. Os engenheiros de software, em particular, não são uma excepção. O facto de haver sempre uma coisa nova a aprender também se soma à escala salarial dos engenheiros de software.

Há sempre novas actualizações a chegar e ser certificado em novas actualizações e cursos é sempre um factor importante para a remuneração extra. Para além do salário, outras regalias são mais atractivas como férias, refeições gratuitas, retiros regulares, boa gorjeta, etc.

👍 Reconhecimento Global e Oportunidades de Negócio

Tal como muitas outras carreiras, isto não tem fronteiras geográficas, são contratados e chamados engenheiros de software de todo o mundo. Países como os EUA, Alemanha, Holanda, Canda, Reino Unido, França, contratam engenheiros de software de todo o mundo. Isto acontece porque a oportunidade de negócio não é realmente enorme e a mão-de-obra qualificada é limitada.

Além disso, se estiver interessado em empreendedorismo e disposto a gerir as coisas por conta própria, as empresas SaaS estão entre as que estão a extrair dinheiro como qualquer outra coisa hoje em dia. Esta é a melhor opção se estiver a planear criar uma empresa a partir do seu quarto e do seu computador portátil.

👍 Pode ser tão criativo quanto quiser

Uma das grandes coisas sobre os trabalhos de programador de software é que se constrói coisas numa palavra imaginária. Quão fixe é isso? Todos os dias se cria algo a partir do nada. A sua imaginação é a única coisa que o detém. Quantos postos de trabalho são assim? Como programador, está na mesma liga que os escritores, artistas e músicos. Vai divertir-te!

👍 Satisfação

Cria-se algo todos os dias. Isto pode causar momentos de frustração. E proporciona uma grande satisfação a longo prazo. Certamente quando a equipa e o resto da sua organização apreciam o que faz.

Horário de Trabalho Flexível

Os engenheiros de software geralmente precisam de um computador e de uma ligação à Internet, e é só isso. Eles podem fazer o seu trabalho a partir de qualquer lugar. E um número crescente de empresas tecnológicas está a converter-se para uma força de trabalho remota. Com a posição certa, podem viajar enquanto ainda mantêm o seu emprego. Poderia viver em qualquer parte do mundo. Podiam sair da cama e trabalhar em roupa interior, na sua agenda.

Nem todos os empregadores são tão flexíveis, mas muitos são. Basta que isto seja um verdadeiro privilégio do trabalho.

👍 Compensação

Geralmente é bom ganhar como programador. Isto dá-lhe muito mais liberdade do que em outras profissões. Ao mesmo tempo, isto depende da experiência e do talento que possui.

👍 Trabalhar como freelancer

A profissão de programador presta-se perfeitamente a ser um freelancer. Desta forma, faz contactos em diferentes organizações e decide por si próprio em que momentos tira férias. Uma carreira é cheia de liberdade.

👍 As competências são transferíveis

Uma das grandes coisas da era digital, é que se trata de uma língua universal. Os ones e zeros traduzem para qualquer país e qualquer empresa. Os trabalhos de programador de software em todas as áreas trabalham na mesma base, o que significa que se pode mudar de empresa, de país ou mesmo de campo, e ainda ter as competências necessárias para encontrar um bom emprego. E normalmente mudar de empresa significa também um bom aumento de salário!

👍 Trabalhar em qualquer lugar

Trabalhar a partir de casa é o sonho de muitas pessoas, mas, como programador, pode fazer muito mais do que isso. Tudo o que precisa é de um computador e de uma ligação à Internet, por isso nem sequer está restrito à sua casa! Pode literalmente ir a qualquer parte do mundo e ainda trabalhar. Se for um imigrante na Nova Zelândia, isto permite-lhe regressar e visitar a sua família sem tirar férias. Talvez seja do tipo nómada e queira ver o mundo? Os empregos de programador de software permitem-lhe ainda ter um rendimento regular enquanto viaja.

👍 Ambiente de Trabalho Confortável

Se não acabar a trabalhar em casa, pelo menos com um emprego em TI terá sempre um ambiente de trabalho confortável. Um escritório com ar condicionado, uma cadeira confortável, uma ligação rápida à Internet, uma máquina de café… são estas pequenas coisas na vida que fazem o dia andar mais depressa. Os trabalhos de programador de software não o obrigam a trabalhar no exterior à chuva, ao granizo ou à neve!

👍 Empreendedorismo

Os promotores são frequentemente também empreendedores. Comece o seu próprio SaaS e gere um rendimento mensal estável com base num modelo de subscrição.

👍 Mudança

Vivemos num mundo em que tudo está em constante mudança, os promotores têm mais a ver com isto. Há sempre novas linguagens de programação. Está na casa dos vinte ou trinta anos? Então é mais fácil lidar com a mudança. No futuro, isto irá causar problemas mais rapidamente e será mais difícil permanecer flexível.

👍 Satisfação Profissional

Acredito que há uma enorme satisfação profissional porque os consumidores do vosso produto estarão provavelmente em milhões. Imagine o produto que fabricou a ser utilizado por essas muitas pessoas e a receber um bom feedback das mesmas. Imagine-se no lugar de Mark Zuckerberg ou Bill Gates ou Jef Bezos ou Jack Ma. Qual seria a sua satisfação?

Estará a ganhar uma quantidade excecionalmente enorme de dinheiro e os seus conhecimentos e aprendizagens serão herdados por pessoas de todo o mundo.

👍 Respeito

São normalmente as pessoas que são tomadas como cérebro por detrás de toda a coisa boa pela qual a empresa é creditada. A engenharia de software é uma bênção para a tecnologia moderna, por isso para a maioria das pessoas isto é tão bom como um milagre divino, algo que está para além das possibilidades.

Se por acaso trabalhar num projeto que seja inovador e algo que resolva realmente o problema das pessoas no dia-a-dia, receberá o maior respeito e reconhecimento.

👍 Trabalho a partir de casa / teletrabalho é uma possibilidade real

A indústria tecnológica não segue os horários típicos de 9 a 5. Desde que se tenha um forte acesso à Internet, pode-se trabalhar basicamente a partir de qualquer lugar.

O que mais? Se sempre sonhou em trabalhar para si próprio, esta é a opção de carreira perfeita para si, pois não precisa necessariamente de trabalhar com uma empresa. Várias marcas procuram contratar criadores e designers freelancer. Pode trabalhar como programador web freelancer com uma base de clientes própria.


❌ As Desvantagens Das Aulas de Ser Programador ❌


Infelizmente, como todas as demais profissões, ser programador também tem malefícios. Vejamos abaixo alguns:

👎 Preso

A codificação é por vezes bastante complexa. Por vezes está preso, com um problema que não se conhece imediatamente a solução. Em alguns casos, isto significa que a organização espera que o resolva ou que o consiga resolver no futuro. Isto pode causar muita frustração a curto prazo. Ao mesmo tempo, isto pode, em última análise, proporcionar satisfação se funcionar.

👎 Responsabilidade

Falha em corrigir certos bugs às 17:00 horas. Depois é atractivo continuar a trabalhar por mais algumas horas. Alguns programadores têm dificuldade em pôr de lado este sentido de responsabilidade em dias de folga ou noites de trabalho.

👎 Nenhuma actividade social

Trabalhar quase todo o dia em computadores numa única sala durante todo o dia (ou também durante a noite) pode impedi-lo de ter uma vida social activa. É também uma possibilidade de ser rotulado de nerd ou cromo se o levar para o nível seguinte de passar a maior parte do seu tempo com o seu computador.

👎 Passar muito tempo com o computador

A utilização de demasiados computadores atinge principalmente a vida social de um indivíduo. Tem tendência a perder muitas reuniões sociais e, em condições muito piores, as relações tendem a enfraquecer. A longo prazo, mesmo as reuniões raras e breves parecem ser irritantes e sem importância.

Passar muito tempo em frente aos ecrãs dos computadores não só o proíbe de ser social com os seus amigos e família, como também múltiplos perigos para a saúde. A exposição contínua ao ecrã do computador é suscetível de afetar o cérebro, a medula espinal e os olhos.

👎 Estilo de vida pouco saudável

Quanto mais se evita a atividade social e física, mais o corpo se torna rígido e desajeitado. Isto não só afeta a sua saúde física como também tem impacto no seu metabolismo e saúde reprodutiva.

Os músculos e ossos com falta de movimentos regulares tendem a tornar-se mais rígidos devido ao movimento restrito das suas partes do corpo. Gradualmente, o sistema digestivo e nervoso começa a comportar-se como não deveria.

👎 Lidar com clientes ingénuos

A maioria dos programadores web tem de lidar com clientes que não têm absolutamente nenhum conhecimento sobre como um sítio web é criado. Alguns nem sequer sabem a diferença entre um programador de front-end e um programador de back-end.

Por causa disto, esperam que um programador de back-end faça o trabalho de um programador de front-end e vice-versa. Mas como são clientes, não se pode ignorar as suas sugestões.

👎 Uma Curva de aprendizagem infindável

Isto é algo que também pode ser positivo. A curva de aprendizagem sem fim é boa em muitos aspetos. Mas a necessidade de estar sempre à beira do seu assento por vezes é esmagadora. Há sempre uma coisa nova a chegar e é necessário aperfeiçoar sempre as suas capacidades para acompanhar a atualização.

👎 Trabalho muito extenuante e stressante

O trabalho de desenvolvimento de software faz o seu cérebro trabalhar o tempo todo. Quando vai fazer café pela manhã já está a pensar nos problemas e soluções de hoje. Quando tiver uma reunião, não a trate como se fosse um descanso. Tem de aprender coisas novas a toda a hora, por isso, mesmo que vá para casa, se quiser melhorar, ainda tem de continuar este trabalho exaustivo. Algumas tarefas desafiantes podem levar a um dia stressante.

👎 Competição em todo o mundo

Todos sabemos que hoje em dia todos querem contratar um promotor, mas a concorrência também está lá! Vantagens como o trabalho à distância e (geralmente) um bom salário podem tornar a sua vida difícil. Uma palavra – a globalização. Programadores de países de 3º escalão podem substituí-lo – são mais baratos e por vezes são tão bons como você.

👎 Demasiado tempo sentado. Demasiados maus hábitos.

Este trabalho pode ensinar-lhe más práticas de saúde. Muito facilmente. Quando se trabalha, senta-se 95% do tempo. Quando se vai para casa está tão exausto que ir ao ginásio pode ser quase impossível. A propósito: o que fazem os programadores quando vão para casa? Eles aprendem e codificam ainda mais! E esta pizza grátis todas as sextas-feiras no escritório e algumas chávenas de café todos os dias podem fazer-lhe tanto mal. Também não é assim tão fácil conseguir um sono de alta qualidade, especialmente trabalhando em TI. Cuide de si!

👎 Ninguém sabe realmente o que está a fazer

Se é um programador, provavelmente gosta do seu trabalho e quer falar sobre ele. O trabalho é uma parte enorme da sua vida e partilhar alguma história “interessante” entre os seus amigos sobre como escreveu este código de duas linhas que fez o sistema funcionar 2x mais rápido, pode ser impossível e quando tenta… nem sequer tente. Em alguns cenários, pode ser visto como aborrecido ou esquisito.

👎 Não é para toda a gente

Se é alguém com menos paixão e paciência, este trabalho não é definitivamente para si. Acabará por abandonar a tarefa e ficará zangado com ela.


Perguntas Frequentes acerca de ser programador

Perguntas Frequentes acerca de Ser Programador

O que é um Desenvolvedor de Software?

Um programador de software é um especialista em TI, um programador, que constrói programas e plataformas TI para automatizar o trabalho, processar grandes volumes de informação e tarefas matemáticas complicadas com a ajuda da informática.

De acordo com o seu nível de competências, os criadores podem ser divididos nos três grupos seguintes:

Os criadores juniores são jovens especialistas com pouca experiência que acabam de começar a trabalhar numa área tecnológica escolhida. Precisam geralmente do apoio de um especialista mais avançado, bem como de aprendizagem constante. Têm um conhecimento básico de programação e uma compreensão das estruturas e são capazes de trabalhar com bases de dados e construir protótipos.

Os programadores de nível médio são responsáveis pela qualidade e execução atempada das tarefas de desenvolvimento. Têm conhecimentos de determinadas linguagens e bibliotecas e estruturas apropriadas, tecnologias cliente-servidor, operação de browsers, gestão de bases de dados e componentes de segurança. Regra geral, têm um nível de educação superior, embora este não seja um indicador crítico – o que é crítico são os conhecimentos e a experiência à sua disposição.

Os Desenvolvedores Seniores são os mais independentes e têm experiência suficiente para fazer as soluções correctas, completando tarefas, bem como orientando os empregados mais jovens. São responsáveis pela qualidade e oportunidade do trabalho de desenvolvimento; possuem conhecimentos profundos e estruturados e o trabalho realizado dentro da equipa de projecto; executam tarefas tais como a criação de especificações do projecto, controlo e muitas vezes a conclusão independente de pequenos projectos e sub-projectos internos (módulos), programação e testes de componentes básicos. Em regra, concluíram o ensino superior. Conhecem os métodos e ferramentas de análise e concepção, processos de engenharia de software e linguagens de marcação, têm um profundo conhecimento da tecnologia cliente-servidor, trabalho de browser, servidores web e de aplicações, bases de dados, sistemas operativos e conjuntos de escritório e podem monitorizar outros programadores e atribuir tarefas.

Outra categoria a compreender quando se trata de desenvolvimento de software são as linguagens de programação. Existem várias linguagens de programação populares, tais como С#, C++, JS, Python, Swift, PHP

O que é que um Desenvolvedor de Software faz?

As responsabilidades do trabalho de um programador podem incluir:

  • Rever os sistemas actuais e sugerir áreas de melhoria
  • Trabalhar em estreita colaboração com analistas, designers e programadores
  • Criar especificações detalhadas do produto
  • Escrever, testar e reescrever código informático
  • Teste, melhore e volte a testar o software
  • Preparação de manuais de formação
  • Sistemas de manutenção

Quem contrata Desenvolvedores de Software?

O software é uma parte importante de muitas empresas e numa variedade de sectores. É por isso que muitos Desenvolvedores de Software trabalham para empresas de concepção de sistemas informáticos e serviços relacionados ou editoras de software, enquanto outros trabalham em indústrias de fabrico de computadores e produtos electrónicos, transportes, retalho, finanças ou seguros.

É útil quando os Programadores de Software têm conhecimentos sobre a indústria em que trabalham. Isto ajuda os Desenvolvedores que, por exemplo, trabalham para um retalhista a compreender o negócio do retalhista e as suas necessidades informáticas.

Quais são os requisitos académicos para ser um programador?

Os programadores de software têm geralmente um bacharelato, tipicamente em informática, engenharia de software ou um campo relacionado como a matemática ou as ciências. Alguns empregadores podem preferir um mestrado para alguns cargos. Embora existam entidades como o IEFP, Academia do Código, Citeforma, entre outras que fornecem cursos de programação acessiveis para toda a gente, mesmo sem licenciatura ou bacharelato na área.

Os estudantes devem concentrar-se na aprendizagem de competências práticas para serem mais empregáveis, tais como a construção e utilização de diferentes tipos de software, bem como a criação e leitura de código informático.

Mesmo após a licenciatura, os programadores devem procurar melhorar as suas competências e conhecimentos, inscrevendo-se em seminários e cursos, e lendo livros recentemente publicados e blogues da indústria.

Uma licenciatura em informática é a mais comum porque o programa tende a cobrir uma vasta gama de tópicos.

Que competências possuem os Programadores de Software?

  • Conhecimentos especializados em hardware e software de computador
  • Conhecimento de uma ou mais línguas de codificação informática (ver abaixo para mais informações)
  • Fortes capacidades de comunicação e gestão do tempo
  • Capacidade de trabalhar em equipa ou individualmente
  • Conhecimento do negócio do cliente e das suas necessidades informáticas
  • Atenção aos detalhes e um solucionador de problemas
  • Vontade de estar errado e aprender com os seus erros

Que tipos de linguagem de codificação informática deve conhecer?

De acordo com um relatório intitulado “10 Passos para se tornar um Engenheiro Profissional de Software“, algumas línguas comuns utilizadas por programadores e programadores de software incluem:

  • C++
  • Java
  • C#
  • Javascript
  • Visual Basic
  • PHP/MySQL
  • HTML/CSS/JavaScript
  • Flash/ActionScript
  • Microsoft .NET
  • Ruby on Rails
  • Microsoft XNA

Quanto mais souber, mais empregável será. Os empregadores procuram pessoas que sejam apaixonadas pela tecnologia e tenham o desejo de construir um grande software.

Como ser contratado?

Complemente a sua educação com aprendizagem informal, participe num clube de estudantes, num grupo de reflexão ou numa maratona de hackathon, seja voluntário ou estagiário numa empresa de tecnologia durante os seus verões, ou inicie um blogue. Estas iniciativas irão ajudá-lo a destacar-se dos seus pares.

O que pode fazer agora mesmo para melhorar as suas competências?

  • Escrever código por diversão – pode ganhar algum dinheiro com o que cria
  • Melhore o código à medida que escreve e redimensiona continuamente o seu código
  • Escrever código que possa ser facilmente mantido por outra pessoa
  • Ler e estudar o código de outra pessoa
  • Comece um blogue para mostrar o seu trabalho e tudo o que achar interessante
  • Participar numa conferência tecnológica local

Qual é a diferença entre os desenvolvedores do Frontend e Backend?

Os programadores front-end são responsáveis pela interacção com os utilizadores e por tornar a sua experiência mais conveniente. O que as pessoas vêem quando acedem a um site ou aplicação é feito por programadores front-end. São também responsáveis pelo design. As suas linguagens são JavaScript, HTML5 e CSS3.

Os programadores de back-end estão concentrados nos processos que fazem o software funcionar. Por outras palavras, eles lidam com tudo o que se relaciona com a parte programa-administrativa do desenvolvimento de aplicações web, o conteúdo interno do sistema e as tecnologias do servidor – bases de dados, arquitectura e lógica do programa.

Como é que os criadores de aplicações gratuitas ganham dinheiro?

Os proprietários de aplicações utilizam diferentes estratégias para a monetização de aplicações gratuitas:

Publicidade – Esta é uma das mais populares estratégias de monetização de aplicações. Agora que as aplicações gratuitas constituem 90% do mercado, haverá sempre empresas interessadas em grandes audiências divididas em grupos-alvo estreitos. Os métodos de colocação de anúncios podem ser diferentes. Dependem do objectivo geral e precisam de interagir com o utilizador e incluir banners, vídeos e mensagens incentivadas.

Patrocínio – Uma aplicação gratuita pode ajudar a apresentar a empresa como uma organização atenciosa e socialmente responsável. Pode também envolver os clientes numa interacção mais próxima com a marca e aumentar a lealdade.

Venda directa – Os criadores podem vender compras físicas e mercadorias, o que é bom para a construção de relações fortes, e também recolher e ceder dados – talvez não tão simpáticos, mas ainda rentáveis.

Há também marketing e subscrições por correio electrónico, compras em fichas e receitas das afiliadas. Portanto, sim, é uma boa ideia criar uma aplicação gratuita e ganhar dinheiro.

Pode tornar-se um programador de software sem um diploma?

Sim, pode, mas precisa de ser claro quanto aos seus objectivos.

Grandes empresas como, por exemplo, a Google têm muitos especialistas de alto nível que querem trabalhar para eles. Quando o interesse e, portanto, a concorrência são elevados, a educação pode desempenhar um papel crucial na escolha de um candidato. Assim, se o seu objectivo é tornar-se parte de uma grande empresa, terá de obter uma licenciatura em ciências informáticas ou uma disciplina semelhante, como matemática ou gestão de sistemas de informação.

No entanto, se estiver simplesmente interessado no processo e pronto para trabalhar numa pequena empresa ou numa empresa em fase de arranque, eis algumas etapas para si:

  • Escolha uma linguagem de programação para aprender. Pode escolher entre algumas das mais populares, pois quanto melhor conhecer uma delas, mais fácil será a sua tradução para outras.
  • Encontre uma comunidade. Qualquer especialista precisa de um ambiente para crescer. Numa comunidade encontrará pessoas que podem, de alguma forma, substituir o aspecto de interacção estudantil do processo educativo. É muito importante estar entre as pessoas que estão interessadas nas mesmas coisas que você e desenvolver em conjunto.
  • Comece a trabalhar em projectos reais. Fingir até conseguir, dizem eles. Talvez alguma empresa precise de um estagiário para trabalhar e estudar ao mesmo tempo ou o irmão da segunda esposa do seu pai é bom em programação (pergunte se pode participar em algum dos seus projectos).
  • Nunca deixe de praticar. Não são as horas que perde no campus, é o tempo que gasta na construção de projectos, a testá-los e a cultivar redes profissionais.

Como pode a programação ajudar o ambiente?

A informática afecta hoje quase todos os aspectos das nossas vidas. Tem impacto no planeamento comunitário, procedimentos médicos, nutrição e abastecimento de água potável, e até nos ingredientes da nossa pasta de dentes. Não é surpreendente, portanto, que a informática esteja a ser utilizada para ajudar a preservar e proteger o ambiente.

Um curso de Informática é adequado para mim?

Os estudantes de hoje em dia são confrontados com muitas grandes opções para programas de graduação e pós-graduação, mas uma das mais populares é uma licenciatura em ciências da computação. Este diploma tem sido, desde há muito, um dos pilares daqueles que têm interesse na tecnologia e proficiência inata quando se trata de matemática, programação, e como os computadores funcionam em organizações complexas.

Será a Informática o mesmo que a Programação?

Ao decidir sobre um percurso profissional, pode perguntar se a programação e a informática são as mesmas disciplinas. Na verdade, a programação é apenas um pequeno tópico coberto por um diploma de informática, e é um dos menos enfatizados em muitas faculdades. A informática está intimamente relacionada com a matemática discreta e a teoria linguística formal. Quer escolha um caminho de negócio, ciência, ou concepção de software, ganhará uma visão profunda da análise de algoritmos, resolução de problemas quantitativos, e arquitectura moderna de computadores.

É claro que os cursos de informática incluem cursos centrados principalmente na programação, mas não muitos. Durante o seu último ano como licenciado em ciências informáticas, completará a sua formação, e se optar pela via da concepção de software, frequentará um ou dois cursos de engenharia de software que se concentrarão em conceitos de concepção eficiente. É provável que aprenda apenas duas ou três linguagens de programação durante toda a faculdade.

Que carreiras envolvem a programação?

As carreiras que envolvem a codificação vão muito além das posições na ciência dos dados. Existem, de facto, muitas posições que os especialistas em codificação podem adquirir se tiverem um elevado conhecimento em HTML e/ou codificação CSS. E o que é ainda mais apelativo em trabalhos que requerem codificação é que são altamente flexíveis. Não só estas pessoas podem optar por trabalhar de forma independente ou para um empregador baseado numa empresa, como existe uma vasta gama de campos e empresas que empregam profissionais de codificação. Apenas uma amostra das carreiras disponíveis para os codificadores profissionais pode ser encontrada nas secções seguintes.

  • Escritores de Conteúdos e Marketing
  • Designers de websites
  • Analistas de Marketing Digital
  • Webmasters
  • Inteligencia Artificial
  • E muitas mais

O que são ciências da computação?

As ciências da computação é uma disciplina que adopta uma abordagem científica aos sistemas computacionais. Os estudantes pensam nos sistemas informáticos e na forma como os seres humanos interagem com os computadores sob uma perspectiva científica. Ao contrário de campos familiares como a engenharia informática e a engenharia eléctrica, a ciência da computação centra-se em grande parte em vários aspectos de software e sistemas. Algumas áreas comuns de estudo dentro do campo da informática incluem sistemas de bases de dados, segurança, inteligência artificial, programação e engenharia de software.

Qual é a melhor forma de obter experiência em TI?

Precisa de experiência no mundo das TI antes de conseguir um emprego na área, mas como obter experiência em TI antes de conseguir o seu primeiro emprego? Esta é uma das questões mais sérias que os licenciados enfrentam actualmente. Passamos dois a quatro anos a estudar um tema na esperança de conseguir um emprego semanas depois de nos formarmos, mas a maioria dos estudantes descobre que tem problemas em encontrar até mesmo um emprego de nível básico. Quando precisa de experiência em TI para conseguir o seu primeiro emprego, pode obter essa experiência de algumas maneiras diferentes.

Qual é a melhor linguagem de programação a aprender?

A melhor maneira de se manter à frente da curva no mundo da programação informática é certificar-se de que a proficiência em linguagem de programação se alinha com as necessidades actuais da indústria. Graças à natureza da tecnologia e ao seu rápido ritmo de desenvolvimento, essas necessidades parecem estar sempre a mudar numa base anual. Por uma boa razão, muitos dos actuais estudantes de informática e programadores experientes simplesmente se perguntam uma coisa: Que linguagem de programação é a melhor a aprender para utilidade e rentabilidade futuras? É uma questão que não é facilmente respondida, em grande parte porque existem simplesmente tantas linguagens diferentes constantemente em uso para fazer com que a Internet, o ambiente de trabalho e os locais móveis funcionem de forma tão perfeita.

Qual é a diferença entre a engenharia informática e a ciência da computação?

Os engenheiros informáticos constroem hardware enquanto os cientistas informáticos geralmente não o fazem. No entanto, os cientistas informáticos sabem certamente o suficiente sobre hardware para analisar operações de sistemas informáticos e interagir com os engenheiros de hardware.

Os cientistas informáticos sabem mais sobre a teoria subjacente da computação, linguagens de programação, e sistemas operativos. Embora os engenheiros de computação trabalhem frequentemente como programadores, a maioria dos programas de nível de sistema, tais como linguagens de programação e sistemas operativos, são concebidos por cientistas de computação.

Quais são as perspectivas salariais dos engenheiros informáticos?

A mais longo prazo, se se tornasse um típico engenheiro de sucesso, poderia esperar que o seu salário aumentasse de forma constante nos dez anos mais tarde após ter começado a trabalhar. Depois disso, o seu salário dependerá muito do quanto a sua especialização é procurada e se vai ou não para os aspectos relacionados com o negócio da sua empresa, digamos, gestão ou marketing. Evidentemente, manter-se a par da sua área é absolutamente essencial para avançar, ou mesmo permanecer empregável.

Quantos dias de férias recebem os engenheiros de software por ano?

Isto difere muito entre os empregadores. Os empregadores da tecnologia competem frequentemente por engenheiros de software talentosos e têm muitas vezes políticas extremamente generosas, incluindo tempo livre pago ilimitado.

Qual é o código de vestuário para um engenheiro de software?

Os bons engenheiros de software são difíceis de encontrar e reter, por isso são muitas vezes tratados muito bem e recebem muita liberdade na sua escolha de vestuário. Vestimentas extremas devem ser evitadas e alguns empregadores recusam roupas muito casuais como calções ou chinelos de dedo, mas roupas casuais que não ficariam fora do lugar quando usadas nas ruas de uma grande cidade provavelmente não têm problema.

Ainda existem alguns locais de trabalho mais formais. Engenheiros de software que trabalham para grandes empresas ou consultorias podem ainda ser obrigados a usar roupas mais formais, mas os fatos são extremamente incomuns.

Onde são os engenheiros de software mais bem pagos?

Os engenheiros de software são os mais remunerados em São Francisco, na Califórnia.

Quais são as horas de trabalho de um engenheiro de software?

A engenharia de software é uma mistura de trabalho de projecto, reuniões e tutoria. As reuniões e a tutoria exigem a sua presença no escritório, mas o trabalho do projecto pode ser concluído em qualquer lugar. Isto leva a uma variedade de práticas diferentes de horas de trabalho em diferentes empregadores. Alguns simplesmente medem a produção, e o empregado é livre de chegar e sair como entenderem. Outros exigem que os empregados cheguem durante um conjunto de horas centrais (ex. 9-5), e também medem a produção.

Muitas vezes, durante as horas de ponta, quando se aproxima um prazo para o produto, espera-se que a equipa de engenharia trabalhe mais do que o habitual, e pode acabar por ficar no escritório durante muito mais horas do que o contratado – normalmente não recebem pagamentos de horas extraordinárias por este trabalho.

Qualquer pessoa pode ser um engenheiro de software?

Qualquer pessoa pode ser um engenheiro de software se estiver disposto a dedicar o seu tempo à aprendizagem e prática de como ser um engenheiro de software. Isto requer uma formação em informática ou em codificação de bootcamp e muita prática com o material.

Será a engenharia de software uma boa carreira?

A engenharia de software é uma boa escolha de carreira se gosta de codificar, resolver problemas, resolver problemas técnicos e trabalhar com outros para completar um projecto.

O que fazem os engenheiros de software de nível básico?

Um desenvolvedor júnior ou engenheiro de software de nível básico trabalha sob a orientação de engenheiros de software e engenheiros de software sénior para desenvolver software. Engenheiros de software de nível básico podem ser encarregados de desbugging ou de projectos de software mais simples.

Que campo é o melhor em engenharia de software?

Os engenheiros de software devem examinar que áreas do seu trabalho gostam mais, a fim de decidirem em que campo querem avançar. Isto pode incluir especialização numa linguagem de codificação específica, como Javascript ou Python, ou trabalhar para uma indústria específica, como os cuidados de saúde ou jogos.

Que empresas estão a contratar engenheiros de software?

Os engenheiros de software são muito procurados e há muitas empresas diferentes a contratar para estas funções.


📝 Conclusão

Os Engenheiros de Software podem ser pessoas ricas, possuindo múltiplas propriedades/casa, mas é uma carreira extremamente stressante e proteger o seu trabalho quando se chega aos 50 anos de idade pode ser um desafio permanente.

A engenharia de software é uma grande carreira, mas é preciso planear um rendimento lateral quando se chega aos 30 anos de idade. Pode ser um rendimento de aluguer, abrir uma loja UPS em parceria, etc. Poderá ser obrigado a abandonar a indústria nos seus 50 anos e deverá ter algo em que se apoiar.

Trabalhar para uma empresa maior será mais sistemático, mas a exposição a várias tecnologias e técnicas de resolução de problemas será limitada. Trabalhar para uma empresa mais pequena pode significar menos disciplina, mas mais exposição a várias tarefas e tecnologias.

A decisão é sua. Se é apaixonado pelo campo, é por si. Se está apenas à procura de um emprego, terá de pesar o elevado salário e ambientes de trabalho flexíveis contra possíveis longas horas e fadiga mental. Se estiver à altura do desafio, se puder ser uma carreira gratificante.

Margarida Reis
Latest posts by Margarida Reis (see all)
Written By
More from Margarida Reis

🎓 Vantagens e Desvantagens Do Ensino Doméstico ou Domiciliar

Ensino em Casa. Será a melhor opção para os seus filhos? Com...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *