Stress do cuidador? Veja se está a sofrer deste tipo de stress!

Stress e tomar conta de alguém

Você já se sentiu stressado, tenso e irritável pelo que parece não ter razão? Você tem mais dores de cabeça do que costumava ter? Tem dificuldade para dormir? Se sim, pode estar a sofrer de stress relacionado com a difícil tarefa de ser um cuidador.

Dar cuidados é mais que apenas segurar as mãos. É um trabalho difícil e cansativo, tanto física como emocionalmente, e se não houver descanso pode resultar no que é normalmente chamado de “esgotamento do cuidador”.

O stress no século XXI

Na segunda metade do século XX, o “stress” tornou-se uma causa polivalente para um espectro de doenças, tanto reais como imaginárias. O tratamento do stress é hoje um negócio multi bilionário, com livros, workshops e inúmeras terapias que prometem alívio.

Em meio a toda essa atenção, é importante lembrar que o stress é uma reação física natural e, quando aproveitado de forma construtiva, pode alimentar a criatividade, criar excitação e produzir energia. Para a maioria das pessoas, independentemente da sua personalidade, o stress faz parte das suas vidas a algum nível.

O que causa o stress?

O stress é uma tensão física, mental ou emocional em resposta a uma demanda, pressão ou distúrbio. Pode ser um subproduto de um evento, estirpes diárias ou crónicas.

Quando o seu corpo sente uma “ameaça” como as descritas acima, ele estimula uma resposta fisiológica chamada “luta ou fuga” e a libertação de adrenalina (epinefrina) na corrente sanguínea. Em tempos anteriores, esta resposta ao stress era essencial para a sobrevivência.

Hoje em dia, esta resposta ainda pode salvar a sua vida se a sua glicemia baixar ou se sofrer uma rápida perda de sangue. E ainda contraria o perigo percebido ao mobilizar os recursos do seu corpo, tais como a produção de grandes quantidades de adrenalina para atividade imediata.

Como você sabe quando você está stressado?

A estimulação repetida da sua resposta ao stress pode produzir problemas de saúde, incluindo:

  • Dores de cabeça
  • Insónia
  • Fadiga
  • Dores dorsais
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Humor

Os Efeitos do Stress no Seu Corpo

O stress também pode causar problemas significativos para a sua saúde física, em geral. Algumas das principais consequências são:

  • Lesões no sistema cardiovascular
  • Agravamento de sintomas diabéticos
  • Degradação do sistema imunológico

Quando o seu corpo sente uma “ameaça”, seja um engarrafamento ou uma discussão, estimula uma resposta fisiológica ao stress, chamada “luta-ou-voo”, em inglês fight or flight.
A resposta de luta-ou-voo ainda é projetada para neutralizar o perigo, mobilizando os recursos do corpo para a atividade física imediata.

Esta resposta instintiva pode significar a diferença entre a vida e a morte quando se tem um ferimento ou um baixo nível de açúcar no sangue.

Neste processo, as suas glândulas suprarrenais (um par de glândulas que se encontram acima de cada rim) produzem grandes quantidades de adrenalina e cortisol, as duas “hormonas de stress” chave. Estas hormonas ajudam a preparar o seu corpo para a ação de várias maneiras:

O seu ritmo cardíaco e pressão sanguínea aumentam, proporcionando um maior fluxo sanguíneo para fornecer oxigénio e açúcar necessários aos músculos e cérebro.

A sua respiração acelera, tornando mais oxigénio disponível para o coração, cérebro e músculos.

  • Vasos sanguíneos na sua pele estreitam
  • O seu metabolismo muda
  • Os níveis de açúcar no sangue aumentam
  • Músculos tensos, preparando-se para a ação
  • A gordura armazenada é libertada para a corrente sanguínea
  • O sangue é desviado da pele e do estômago para os grupos musculares ativos

Estas mudanças induzidas pelas hormonas são úteis quando estamos realmente ameaçados pelo perigo, e podem ajudar-nos a lidar com a situação de stress ocasional. Mas se as experimentarmos durante todo o dia, dia após dia, semana após semana, elas podem ser um problema.

Quando as hormonas de stress são produzidas repetidamente, ou em excesso, devido ao stress crónico, o nosso corpo é mantido num estado constante de “alerta vermelho”. Esta condição ao longo do tempo pode resultar em alterações fisiológicas prejudiciais.

Gerir o stress

O stress é uma parte da vida moderna. A forma como lida com ele depende da sua atitude em relação ao stress. Assim que estiver consciente dos seus sintomas pessoais de stress e puder identificar as situações que provocam sentimentos de stress em si, pode usar estratégias de gestão do stress para lidar com essas situações e talvez até desfrutar dos efeitos benéficos do stress.

Algumas técnicas de redução e gestão do stress incluem exercícios, meditação, deixar de fumar e fazer uma dieta saudável.

Reserve alguns cuidados temporários durante alguns dias, ou mesmo algumas semanas, e faça uma pausa bem merecida. Você merece.

Margarida Reis
Latest posts by Margarida Reis (see all)
Written By
More from Margarida Reis

✈️ As Vantagens e Desvantagens da Imigração

Os Prós e Contras Da Imigração A imigração é definida como o...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *